Há 38 anos, Leonel Brizola retornava do exílio para lutar ao lado do povo

"Coração cheio de saudades, mas limpo de ódios”. Assim, Leonel Brizola marcava, em 6 de setembro de 1979, seu retorno ao Brasil após 15 anos de exílio. Em Foz do Iguaçu (PR), o líder trabalhista desembarcou ao lado da sua esposa, dona Neusa, e foi recebido por lideranças e militantes. Emocionado,

Leia mais

Futebol e Trabalhismo: entrelaços de uma história popular

A história do futebol, desde o final do século XIX, sempre esteve densamente entrelaçada com o avanço do Trabalhismo. Popular, inclusivo e igualitário, o esporte cresceu ao superar as barreiras sociais e econômicas, além do famigerado preconceito racial e social. No Dia do Futebol, uma troca de passes para relembrar

Leia mais

Nadyr Rosseti: corpo e alma rebeldes

Nadyr Rosseti foi um político gaúcho nascido, em 17 de Julho de 1937, na cidade de Caxias do Sul. Filho de pequenos agricultores, teve 17 irmãos e viveu na localidade de Raposo (RS). Rosseti se interessou pela política ainda na sua juventude e foi na Universidade Federal do Rio Grande do

Leia mais

Treze anos sem Leonel Brizola – um dos maiores ícones do Trabalhismo

No momento em que Brasil vive o caos político e econômico, inclusive à beira da aprovação de reformas que anulam importantes direitos da classe trabalhadora, e as ruas ecoam gritos por eleições “Diretas Já” e “Fora Temer”, o PDT, mais do que nunca, enaltece o nome de Leonel de Moura

Leia mais

Carta de Lisboa: marco do Trabalhismo na redemocratização do Brasil

São 38 anos de um ato histórico. Em 1979, os brasileiros viviam uma sistemática inquietação ao almejar o retorno da democracia no país. Mobilizações ocorriam em diversos estados e por todo o mundo. Em Lisboa, entre os dias 15 e 17 de junho, ocorreu o "Encontro dos Trabalhistas do Brasil

Leia mais

Ciro Gomes resgata os bastidores do golpe militar de 64

Hoje, 31 de março, data que marca a ocorrência do golpe militar de 1964, Ciro Gomes discursa sobre a ruptura do processo democrático. Há 53 anos, as Forças Armadas depuseram o então presidente da República, João Goulart, e, consequentemente, instalaram a ditadura, que perdurou até 1985. “Igualzinho como está acontecendo hoje.

Leia mais

Entre Jango e Temer, um abismo ideológico na realização de reformas

O Brasil, ao longo de sua história, consegue apresentar fatos que marcam a vida da sua população. Em 13 de março de 1964, o então presidente João Goulart (Jango) reuniu 200 mil pessoas para apresentar, na Central do Brasil, no Rio de Janeiro, as “Reformas de Base”, importante grupo de

Leia mais

Primeiro golpe contra Jango completa 63 anos

O conhecido Manifesto dos Coronéis derrubou o ministro do Trabalho do último governo Vargas. Uma década depois, os militares derrubaram o presidente da República Um prelúdio do golpe de 1964: assim pode ser chamado o 22 de fevereiro de 1954. Era a primeira vez que João Goulart perdia um posto por

Leia mais

Leite Filho: Do “passando fogo” de Brizola ao “só a bala” de Lupi

A retórica do tiro está encravada na história do PDT. No caso em tela, não no viés belicista e sim como um chamamento à razão, nestes tempos turvados pela intolerância e lavagem cerebral. No auge de sua cruzada contra o desmonte do Estado executado pelo governo FHC (1995-2002), Leonel Brizola

Leia mais

NOTA DE REPÚDIO – JS

A Juventude Socialista (JS) manifesta seu absoluto repúdio à posição adotada pelos senadores Lasier Martins (RS), Telmário Mota (RR) e o 2º suplente Pastor Valadares (RO), que integram atualmente a bancada do PDT no Senado e, de forma hedionda, votaram pela aprovação da PEC 55 (“PEC do Fim do Mundo”)

Leia mais