Eduardo de Azeredo Costa avalia que trabalhismo possibilitou ao Brasil superar o atraso

Período de desenvolvimento foi interrompido pelo golpe militar de 1964, que depôs João Goulart Na nova edição do programa “Trabalhismo na História”, do Centro de Memória Trabalhista (CMT), que foi lançada nesta sexta-feira (17), o médico Eduardo de Azeredo Costa avalia que o trabalhismo possibilitou ao Brasil superar o atraso. O período de

Leia mais