Ciro: ‘Botaram uma quadrilha no lugar de uma presidente decente’


Notice: Trying to get property 'post_content' of non-object in /home/pdtorg/public_html/wp-content/themes/vmag/template-parts/content-single.php on line 30

Notice: Trying to get property 'post_excerpt' of non-object in /home/pdtorg/public_html/wp-content/themes/vmag/template-parts/content-single.php on line 46

Em longa entrevista ao jornal “Valor Econômico”, o ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes não poupou munição para atacar os deputados e os senadores que afastaram a presidente Dilma Rousseff de seu mandato, ao defender a importância do respeito à democracia e à legalidade no Brasil. Segundo Ciro, ‘é dever de todo brasileiro defender o regime democrático’, daí a sua determinação de lutar por um Brasil melhor.

Ciro cobrou a responsabilidade de Lula na indicação de Michel Temer para vice de Dilma: “Colocar o lado quadrilha do PMDB na linha de sucessão presidencial foi responsabilidade do Lula’, afirmou. Sobre as acusações do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, contra Temer, Ciro comentou que se houver um mínimo de imparcialidade do Ministério Público e do Supremo Tribunal Federal a respeito das denúncias de Machado, “não fica pedra sobre pedra”!.

Na opinião de Ciro, o maior erro do PT foi copiar o modus operandi do PSDB. Disse também que não tem certeza de que quatro ou cinco senadores, na votação definitiva do impeachment de Dilma, terão disposição de ‘votar com a História’, restabelecendo a titularidade de Dilma Rousseff na presidência da República.

Leia aqui a íntegra da entrevista :

CIRO EM UBERLÂNDIA

Ciro e Lupi tiveram uma agenda cheia neste final de semana, em Minas Gerais. No dia 17 estiveram em Uberlândia onde o primeiro compromisso dos dois foi  no Centro Esportivo Universitário da UFU, no Campus Santa Mônica, às 14h.

Ciro fez uma palestra em ato convocado pelo Movimento Reinventar , da JS-PDT. E mais tarde, por volta das 18h30, Ciro fez a palestra “O Brasil tem Solução – Construindo caminhos para superar a crise”, organizada pela coligação municipal PDT – PCdoB, voltada para as eleições deste ano.

Murilo Ferreira, secretário do PDT-MG, a respeito, afirmou:

“Após momentos de instabilidade econômica, eleições acirradas, escândalos de corrução, protestos e um impeachment em curso, o Brasil se vê não apenas diante de uma crise generalizada, mas com o desafio de se pensar o futuro do país. Ciro Gomes, por ser um homem com uma experiência política ímpar, analisou com maestria o passado recente e colocou em perspectiva os caminhos que poderão ser traçados para o desenvolvimento nacional nos próximos anos”, ressaltou.