Waldez Góes lança campanha para sensibilizar jovens sobre relacionamentos abusivos no Amapá

Ascom governo do Amapá20/06/2017

Para prevenir os abusos e promover a criação de espaços onde os jovens aprofundem a sua consciência crítica sobre a gravidade e impacto da violência nas relações de namoro, o governador do Amapá, Waldez Góes (PDT-AP),  lançou o campanha “Namoro Sem Violência”. A intenção é possibilitar a sensibilização e mudanças de comportamento nas relações afetivas nocivas entre jovens.

A estratégia, lançada nessa segunda-feira (19), será desenvolvida pela Secretaria Extraordinária de Políticas para as Mulheres (SEPM) e surgiu após as profissionais do Centro de Atendimento à Mulher e à Família (Camuf) detectarem, por meio de questionário de pesquisa e intervenção em algumas escolas públicas, que a violência está presente em muitas relações de namoro.

Waldez Góes (PDT-AP) estacou que, por ser desenvolvido na rede pública de ensino, o projeto terá um alcance muito significativo e seu fortalecimento na sociedade trará um impacto positivo nas áreas da educação, segurança e saúde.

“Essa integração das instituições do governo será multiplicada com as ações nas escolas estaduais e chegará ao núcleo familiar, automaticamente. Uma vez que será apontado o valor das boas relações aos nossos jovens, o efeito desse projeto será de uma sociedade com menos violência”, disse o chefe do Executivo.

As manifestações da campanha serão agregadas nas redes sociais por meio da hashtag #NamoroSemViolência #Euapoio. As atividades práticas iniciarão nesta quarta-feira (21), nas escolas estaduais Maria do Carmo Viana dos Anjos, Jacinta Carvalho e Lucimar Amoras Del Castillo, em parceria com as secretarias de Estado da Educação (Seed) e da Juventude (Sejuv).

Os alunos serão envolvidos em palestras educativas, dinâmicas em grupo para ouvir os jovens, vídeos de conscientização e sensibilização, respostas a questionários de pesquisas, concurso de redação e roda de conversa.  Após a conclusão dessa fase, será criado um manifesto em vídeo com todos os jovens participantes fazendo chamadas de combate à violência no namoro.

A primeira-dama e deputada estadual Marília Góes (PDT-AP), apoiadora da campanha e multiplicadora da ação no Poder Legislativo, fez questão de salientar que a violência acontece com jovens de ambos os sexos. “Muito importante a iniciativa do governo, pois os jovens não podem se perder na relação. Essa importância do diálogo e acompanhamento dos pais e professores também é essencial”, disse a parlamentar.

Na ocasião, Waldez Góes anunciou, ainda, que o Programa Amapá Jovem – que tem o objetivo de promover e garantir, através de ações positivas, a inserção cultural e produtiva da população – já está sendo reformulado e deverá ser apresentado para análise do Poder Legislativo nos próximos dias. A intenção é beneficiar os jovens dos 16 municípios do Estado com a implantação do programa em agosto.