ULB reiniciaouaulas neste sábado (01/3) às 16 horas

    

A Universidade Leonel Brizola de ensino à distância via televisão – um projeto pioneiro do PDT – inicia neste sábado (01/3) a partir das 16 horas (horário de Brasília) suas transmissões para o primeiro semestre do ano letivo de 2008 com grandes novidades. As aulas agora são gravadas e editadas antes de irem ao ar, enriquecidas de conteúdo visual; e a programação inclui além de jornal televisivo, programas narrando a história do PDT, de Brizola e do Trabalhismo .

 

Além disto, irão ao ar cursos específicos para treinamento de quadros tendo em vista as eleições municipais – como fiscalização de urnas eletrônicas, assessoria jurídica e marketing eleitoral. Também estão previstos cursos para treinamento de tutores e expansão do conjunto de tele-salas espalhadas em todo território brasileiro.

 

A nova grade prevê transmissões em dois dias: sábado, duas horas de transmissão; e um segundo dia para exibição de programas a serem gravados e, posteriormente, exibidos para os militantes na tele-salas, em dias diferentes do sábado. Isto para que todos os diretórios do PDT possam usar na formação de seus quadros todo o conteúdo a ser veiculado através da ULB.

 

Neste sábado a transmissão inaugural prevê: A ULB é você; mensagem especial do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi; mensagem especial do presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini, Manoel Dias ; Telejornal Canal ULB com reportagem especial sobre a ULB em Roraima; mensagem especial do senador Cristovam Buarque; divulgação da grade de programação de 2008; programa Lição da História e, finalmente, entrevista com João Vicente Goulart e a apresentação do documentário Jango, de Silvio Tendler.

 

A nova programação é trabalho de profissionais da área de comunicação ligados ao PDT, entre eles Maria Christina Pacca, do PDT-MS;  Fernando Brito, Edson de Souza e Osvaldo Maneschy, do PDT-RJ; e mais Gal Leal, do PDT-DF; com a ajuda de diversas seções estaduais do PDT. Além de Leonardo Zumpichiatti e Ricardo Viana, da coordenação da ULB, responsáveis pelas partes executiva e didática da ULB.

 

Segundo Manoel Dias, Secretário Nacional do PDT, além de presidente nacional da Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini (FLB-AP), a formação de quadros é fundamental para renovar os quadros do PDT. “Sem formação, não há solução”, garantiu Manoel Dias, argumentando que não há instrumento mais moderno do que a televisão para isto.  Além da TV, a ULB utiliza a internet para difusão e divulgação do material didático que acompanha as aulas ministradas pela TV.

 

No primeiro semestre de 2008 serão ofertados os cursos “Conhecendo o PDT”, “Formação de Núcleos de Base”, “História do Trabalhismo”, “Programa do PDT” e “Ética na Política”, entre outros. “Iniciaremos o ano letivo com o curso de Marketing Eleitoral”, informou Leonardo Zumpichiatti, secretário-executivo do projeto ULB.

 

Segundo Manoel Dias, nas eleições deste ano a ULB ajudará o partido unificando informações jurídicas: “Teremos especialistas orientando os advogados e militantes envolvidos nas eleições – facilitando o cumprimento de prazos e regras eleitorais”, disse. A grade do 1º semestre contemplará também os cursos “Fiscalização das Urnas Eletrônicas” e “Noções de Gestão Pública”, além de aulas para preparação de tutores.

 

Renomados pedetistas participarão da programação, como o Senador Cristovam Buarque e o ex-Governador Alceu Colares – que ministrarão disciplinas regulares, além do Senador Jefferson Perez que se dispôs a ministrar a disciplina “Ética e Política”.

 

Informações completas sobre a ULB na página http://www.flb-ap.org.br