TSE: pode ter reviravolta em Campos/RJ

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres Britto, anunciou ontem que terão prioridade os julgamentos sobre registros de candidaturas a prefeito nos municípios com segundo turno. Um dos casos citados por ele foi o de Campos, onde a candidata Rosinha Garotinho (PMDB) aparece no sistema da Justiça Eleitoral em primeiro lugar, com 118.245 votos, correspondentes a 78,91% dos votos válidos. Oficialmente, não há votos atribuídos ao seu adversário Arnaldo Vianna (PDT) porque o registro dele foi questionado em ação judicial e depende de decisão.

Ayres afirmou que pode ocorrer uma reviravolta na eleição em Campos caso Vianna consiga seu registro na Justiça. Embora o número de votos dados ao candidato não tenha sido divulgado, o ministro revelou que ele obteve mais que Rosinha. Até o caso ser decidido pelo TSE, o resultado em Campos e em outros municípios na mesma situação é considerado provisório.