Há 38 anos, Leonel Brizola retornava do exílio para lutar ao lado do povo

"Coração cheio de saudades, mas limpo de ódios”. Assim, Leonel Brizola marcava, em 6 de setembro de 1979, seu retorno ao Brasil após 15 anos de exílio. Em Foz do Iguaçu (PR), o líder trabalhista desembarcou ao lado da sua esposa, dona Neusa, e foi recebido por lideranças e militantes. Emocionado,

Leia mais

40 anos sem João Goulart e o país na mesma roda-vida de 1964

O Brasil deu adeus ao seu último presidente trabalhista no dia 6 de dezembro de 1976. Há quatro décadas, João Goulart – ou Jango, como era carinhosamente conhecido – morreu no exílio, doze anos após ser deposto pelo golpe militar de 1964. A vontade de tornar o país socialmente mais

Leia mais