Subtenente Gonzaga repudia ação do Estado contra policiais militares de Goiás

Ascom PDT Subtenente Gonzaga

Subtenente Gonzaga repudia ação do Estado contra policiais militares de GoiásO deputado federal Subtenente Gonzaga (PDT-MG), titular da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, criticou a ação do Estado na audiência sobre a operação da Polícia Federal, Ministério Público e Poder Judiciário Federal denominada “Sexto Mandamento”, desencadeada em Goiás.

A referida ação culminou na prisão de vários policiais militares, inclusive, do alto comando, mantendo em cárcere muitos deles, por mais de nove meses, sendo que, ao final, todos foram absolvidos.

Na ocasião, Subtenente Gonzaga citou sua luta por mais de duas décadas contra o abuso do Estado para com seus servidores da segurança pública. Ele enalteceu a conduta dos policiais que, na audiência de hoje, mesmo se colocando sob o julgo popular, buscaram a reparação da ação do poder público, em condená-los previamente sem o devido processo legal, deixando que a mídia realizasse uma devassa na vida pessoal dos servidores.

“A irresponsabilidade do Estado com a atuação sumária é condenável… A Polícia Federal detinha consigo formas de sustentar a inocência dos policiais, como escutas telefônicas e outros meios, mas, de forma sumária, requereu a prisão dos policiais”, afirmou o deputado.

O Deputado Subtenente Gonzaga defendeu, inclusive propondo em requerimento, que os envolvidos se dirigissem à Comissão para explicar a conduta que tiveram em relação aos policiais militares de Goiás, pois contrariaram preceitos que estão elencados nos artigos do código de processo penal que trata sobre a prisão cautelar.