Sérgio Vidigal solicita debate sobre a situação financeira das universidades federais

Ascom deputado Sérgio Vidigal13/09/2017

A crise financeira das universidades públicas federais será discutida em uma audiência pública solicitada pelo deputado federal Sérgio Vidigal (PDT-ES). O debate será realizado pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, que aprovou o requerimento do pedetista nesta quarta-feira (13). A data do encontro ainda será definida.

Sérgio Vidigal explica que os veículos de comunicação do Espírito Santo têm mostrado um retrato da crise na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Ele explica que, apesar de o reitor da Ufes, Reinaldo Centoducatte, ter demostrado otimismo em relação ao assunto, a Universidade apresenta problemas financeiros, que são refletidos em seu estado de conservação.

“A situação financeira, mesmo que seja equacionável, por meio de cortes, e pela aceitação de padrões inferiores de limpeza, manutenção e obras, implicará na impossibilidade de crescimento para as instituições federais de ensino”, ressaltou o parlamentar.

Outro problema, de acordo com o parlamentar, é proveniente do crescimento da instituição. Ele diz que, há dez anos, a Ufes oferecia 60 cursos de graduação, três pós-graduações e oito doutorados. Hoje, são 104 cursos de graduação, 64 pós-graduações e 27 doutorados. Além disso, a qualidade dos alimentos do restaurante universitário apresentou em virtude do corte de mais de 20% no Programa Nacional de Assistência Estudantil.

Segundo o deputado, são fatos preocupantes e poderão resultar em prejuízo para o nosso país, “que cada vez mais precisará formar nossos jovens e investir em pesquisa e desenvolvimento científico, caso contrário ficaremos ao largo da história e não poderemos alcançar o status de Nação desenvolvida”, ponderou.

Para o encontro, Vidigal sugere as seguintes presenças: reitor da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Reinaldo Centoducatte; a Presidenta do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), Eblin Joseph Farage; Presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Emmanuel Zagury Tourinho. Além da Presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Marianna Dias; Vice-Presidente do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Espírito Santo, Marcos Vinicius da Silva Cordeiro; Secretaria de Educação Superior (SESu) do Ministério da Educação (MEC), Paulo Barone.