Roberto Cláudio lança programa de reciclagem em escola de Fortaleza

Prefeitura de Fotaleza

Roberto Cláudio lança programa de reciclagem em escola de FortalezaO prefeito de Fortaleza (CE) Roberto Cláudio (PDT) lançou o primeiro Ponto de Entrega Voluntária (PCV) para coleta seletiva em uma escola da capital. A iniciativa integra as políticas de Educação Ambiental e de Resíduos Sólidos, que promoverá a doação dos materiais recicláveis recolhidos para associações de catadores.

A Escola Municipal Narciso Pessoa de Araújo, no Grande Bom Jardim (Regional V) é a primeira a receber um dos 22 Ecopontos já implantados em Fortaleza. O coletor de recicláveis é feito em madeira plástica e se transformou em um local de aprendizado sobre o descarte adequado de resíduos.

“Fico muito feliz em saber que uma instituição de ensino público se engaja em um projeto tão importante para o meio ambiente e para a nossa Cidade. Agora, os alunos terão à disposição um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) de materiais recicláveis e farão parte das políticas que implantamos relacionadas aos resíduos sólidos, como a implantação de 22 Ecopontos”, afirmou o prefeito Roberto Cláudio.

O projeto é uma parceria das Secretarias Municipais de Urbanismo e de Meio Ambiente (Seuma) e a de Educação (SME), com o “Programa Limpa Brasil – Let’s do It!” Antes da chegada do coletor, a Seuma e a unidade de ensino realizaram atividades de capacitação para que os estudantes se tornem multiplicadores do descarte adequado de resíduos em casa e na comunidade.

Além disso, foi realizada uma ação coletiva na qual 130 alunos coletaram resíduos recicláveis, no bairro, colaborando com a limpeza local. A primeira entidade beneficiada foi a Sociedade Comunitária de Reciclagem do Lixo do Pirambu de Fortaleza (Socrelp).

A titular da Seuma, Águeda Muniz, também destacou a importância da parceria e ressaltou que a iniciativa será ampliada. “A nossa expectativa é levar o projeto para mais 29 escolas e, posteriormente, para toda a rede de ensino municipal, sempre com o importante apoio da Rede de Catadores”, assegurou.