Roberto Cláudio anuncia política habitacional inédita para servidores municipais de Fortaleza

Ascom Prefeitura de Fortaleza (CE) - Foto: Kiko Silva19/09/2017

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), apresentou, nesta terça-feira (19), uma política habitacional inédita que beneficiará mais de 500 servidores municipais. Durante reunião com os diretores do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort), o pedetista confirmou um dos compromissos firmados durante a Mesa Permanente de Negociação 2017 que é garantir aos servidores condições para a compra da casa própria.

Serão dois conjuntos habitacionais localizados no bairro Passaré, com toda a infraestrutura de lazer incluída, destinados a servidores de carreira com renda familiar entre R$ 2.600,00 e R$ 6.500,00. A Prefeitura irá subsidiar o financiamento dos dois empreendimentos, que contemplam as faixas 1,5 e 2 do programa “Minha Casa, Minha Vida”. O Village 1 terá cinco andares e o Village 2 terá nove andares, num total de 550 unidades habitacionais.

“Na prática, a Prefeitura está garantindo aos servidores que não têm casa própria e atendam aos critérios de renda familiar, possibilidades reais de aquisição da sua casa própria, procurando zelar pelo bem-estar do servidor e buscando caminhos para garantir condições mais favoráveis de se conquistar a casa própria”, declarou o Prefeito.

O primeiro empreendimento contará com área total de 47,8m² e será equipado com 44 blocos, dois elevadores por conjunto de quatro blocos, uma vaga de garagem por unidade, além de apartamentos com dois quartos, um banheiro, uma sala de estar/jantar, cozinha e área de serviço. As áreas comuns serão contempladas com salão de festas, deck, piscina, praça, playground, espaço fitness e quadra de esportes. O valor de mercado do imóvel é equivalente a R$ 206 mil, mas, com o subsídio da Prefeitura, será comprado pelo servidor por R$ 109 mil reais.

Já o segundo contará com área total de 52m² e será equipado com 4 blocos, dois elevadores, 70 unidades habitacionais, uma vaga de garagem por unidade, além de apartamentos com dois quartos, um banheiro privativo com closet, um banheiro social, ums sala de estar/jantar, cozinha e área de serviço. As áreas comuns serão contempladas com salão de festas, deck, piscina, praça, playground, espaço fitness, cujo valor de mercado é equivalente a R$ 249 mil e, com o subsídio da Prefeitura, será vendido ao servidor por R$ 128 mil.

Definição de critérios
Uma segunda reunião ficou agendada para o próximo dia 27, com a participação da Prefeitura, do Sindifort e de representantes da Caixa Econômica Federal, para a definição dos critérios que serão utilizados para a inscrição e o sorteio dos servidores que serão beneficiados pelo novo programa. A expectativa é de que, dentro de quatro meses, as obras dos dois empreendimentos sejam iniciadas.