Reeleição de prefeitos é a maior desde 2.000

As eleições municipais de 2008 tiveram a maior taxa de reeleição entre prefeitos desde o ano de 2.000, quando foi criada a possibilidade deles serem reconduzidos ao cargo. O instituto da reeleição foi  instituída no país  em 1998 por iniciativa do então presidente Fernando Henrique Cardoso – com a conivência do Congresso Nacional  – como forma de aprofundar o modelo neoliberal na economia e acelerar a destruição da “Era Vargas” – defendida por Cardoso. Entre os 3.435 prefeitos/candidatos que disputaram novo mandato este ano, 65,97% tiveram êxito. Foram 2.266 reconduções ao cargo. 

Dos 5.558 prefeitos eleitos em 2008 , 2.266 vão dirigir suas cidades pela segunda vez a partir de 2009. Isso representa 40,77% do total de chefes dos Executivos municipais.  Essas informações estão contidas em estudo feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), com sede em Brasília, a partir dos números consolidados do 1º e 2º turnos das eleições, pelo Tribunal Superior Eleitoral. 

Leia a íntegra do estudo da CNM