PDT vai levar campanhas pelas Diretas Já para estados

Max Monjardim31/05/2017

Em reunião com a bancada do partido na Câmara, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, reafirmou a decisão do partido de trabalhar – não só no parlamento – mas em todos os estados brasileiros pela aprovação da PEC das Diretas Já. O encontro foi na sede nacional do partido, em Brasília.

A defesa intransigente de eleições diretas para a Presidência da República, depois de confirmada a queda de Temer, vai ao encontro de pesquisa do Instituto Paraná, publicada no jornal “Estado de São Paulo” nesta quarta-feira, de que 90% dos entrevistados são a favor da medida. A pesquisa, publicada aqui, mostra também que Temer é rejeitado por 84% dos entrevistados.

Nesta quarta-feira também a Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou por unanimidade nesta quarta-feira (31) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece eleições diretas se a Presidência da República ficar vaga nos três primeiros anos do mandato. A eleição direta ocorreria caso os cargos de presidente e vice-presidente fiquem vagos. A matéria agora será submetida ao plenário do Senado. A Câmara discute proposta nesta mesma linha, mas com tramitação mais lenta.

“Nosso encontro de hoje está totalmente em consonância com as ruas. Combinamos hoje de que cada deputado irá engrossar o coro das diretas em seus estados, pressionando deste jeito o Parlamento a tomar a decisão de aprovar a PEC”, afirmou Lupi.