PDT elege 334 prefeitos e mais de 3.700 vereadores no 1º turno

Elizângela Isaque

O primeiro turno das eleições 2016 foi vitorioso para o PDT em 334 prefeituras do Brasil, um crescimento de 9,9% em relação ao pleito de 2012. Essa primeira fase das eleições também foi decisivamente positiva para 3.756 vereadores da legenda, representando um crescimento de 5,4%.

Dentre as prefeituras que já conhecem seus novos gestores pedetistas ou que tiveram reeleitos, destacam-se Natal, (RN), Sobral (CE), Bombinhas (SC) e Guajará-Mirim (RO).

Em Natal, a reeleição de Carlos Eduardo Alves, com 63,42% dos votos contra os 13% obtidos por seu principal adversário, referenda a excelente gestão do pedetista. E, em Sobral, a revoluções nas áreas da educação e da saúde continuaram graças à eleição de Ivo Gomes, irmão de Ciro e Cid Gomes, com 51,44%.

A vitória pedetista ainda mais esmagadora vem de Santa Catarina, onde a prefeita de Bombinhas, Ana Paula da Silva, foi reeleita com mais de 72, 92% de votos.

Em Guarajá-Mirim, Rodrigo Nogueira, único candidato que conseguiu regularizar sua situação perante a Justiça Eleitoral, foi eleito prefeito com 72,78% dos votos. De acordo com o TSE, o município teve 77,75% da população votante, com  22,35% abstenções.

Segundo turno

No segundo turno do pleito, a briga dos pedetistas promete ser boa em Osasco (SP), Ribeirão Preto (SP), Caxias do Sul (RS), Fortaleza (CE), São Luís (MA), Maringá (PR), Jaboatão dos Guararapes (PE) e Serra (ES), além das candidaturas a vice-prefeitos em Belém (PA),  e Porto Alegre (RS), entre outros.

Em Osasco, Jorge Lapas (38,55%), enfrentará Rogério Lins (PTN – 39,44%). Em Ribeirão Preto, Ricardo Silva (27, 86%) enfrentará Duarte Nogueira (PSDB – 39,86%). Em Caxias do Sul, Edson Néspolo (43,54%) vai para a segunda rodada das votações com Daniel Guerra (PRB – 29,11%).

Em Maringá, Ulisses Maia (28,87%) foi para o segundo turno com Silvio Barros (PP-39,69%).

Em Fortaleza, o prefeito Roberto Cláudio (40,81%) disputará a preferência do eleitor com Capitão Wagner (PR – 31,15%). E o atual prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda (45,66%), lutará pela reeleição com Eduardo Braide (PMN- 21,34%) de votos.

Em Jaboatão dos Guararapes, Neco (30,09%) entra firme na disputa com seu adversário Anderson Ferreira (34, 28%). Em Serra, o ex-deputado Sergio Vidigal (48,30%) enfrentará Audifax (Rede- 43,71%).

Ainda no páreo também está Juliana Brizola, candidata a vice-prefeita de Porto Alegre, na chama de Sebastião Melo(PMDB- 25,93%), que enfrenta Nelson Marchezan (PSDB-29, 84%).  E Allan Pombo, integrante da Juventude Socialista do PDT que, em Belém, concorre como vice na chapa de Edmilson (29,50%), contra Zenaldo Coutinho (PSDB-31,02%).