PDT do Acre cresce 500% em quatro anos

Ascom PDT Acre

As eleições deste ano definiram o PDT como o partido que mais cresceu no estado do Acre. Em 22 cidades, foram 121 candidatos ao cargo de vereador, dois a vice-prefeito e um a prefeito, com 11 vereadores e um vice-prefeito eleitos. Estes números representam um crescimento de 500%, em relação ao pleito de 2012 e, segundo a Direção do partido, é fruto do reconhecimento da sigla junto à sociedade.

“Este cenário demonstra que estamos caminhando a passos largos e firmes, seguindo sempre as diretrizes traçadas pela executiva Nacional do Partido”, afirma o presidente estadual do partido, José Luis Tchê. “O planejamento, o empenho e o comprometimento dos candidatos contribuíram muito para o crescimento do PDT. O partido apresentou à sociedade a esperança de um ambiente político novo, pautado pela transparência, com ideias que vão ao encontro dos verdadeiros anseios da população”, enfatiza.

Estado diferente

Luis Tchê destaca o ambiente político do Acre, que se difere da maioria dos estados brasileiros, sobretudo devido à localização de seus 22 municípios, alguns isolados, aos quais só se tem acesso em avião fretado.  Essa realidade acarreta um grande custo operacional para o deslocamento, produção de material, e formação política que acabam por onerar em demasia o trabalho a ser realizado, todos os obstáculos transponíveis.

E é nesse cenário que o PDT acreano atingiu cerca de 7% dos votos válidos, ficando atrás apenas de duas agremiações partidárias, devido ao amplo número de candidatos postulantes e cargos majoritários.

Outra conquista foi a eleição inconteste da candidata Elzinha Mendonça, a vereadora mais votada, e primeira mulher eleita na capital em 30 anos de existência do partido do Estado. “Tudo isso, na esteira do que apregoa o PDT em seu compromisso com o movimento das mulheres, não só no Estado do Acre com em todo Brasil”, pontua Luis Tchê.

Em Cruzeiro do Sul, a segunda cidade mais populosa do estado, o PDT também conseguiu êxito junto com a direção do presidente da executiva municipal, Paulo Soriano. O partido se consagrou o segundo mais votado e elegeu um terço dos membros da Câmara Municipal, protagonizando algo inédito.

Para o presidente estadual, esse crescimento do PDT no Acre coloca o partido em uma posição de destaque no cenário político do estado e torna inarredável a sua participação ativa nas disputas majoritárias nas próximas eleições. “Estamos montando um grande movimento, no intuito de construir um planejamento estratégico para oferecer um novo modelo de governança, tendo como norte, o plano de governo do nosso futuro Presidente da República, Ciro Gomes”, afirma.

“Estamos unidos e otimistas, e sabemos que juntos com a direção nacional e com a confiança do nosso Presidente Carlos Lupi, iremos reescrever a história política do Acre, ao passo que protagonizaremos, uma vez mais, um dos momentos mais importantes”, vislumbra José Luis Tchê.