PDT conquista mais três grandes prefeituras no 2º turno

Elizângela Isaque

O segundo turno das eleições 2016, realizado neste domingo (30), confirmou o sucesso da gestão pedetista em mais duas grandes capitais do País, Fortaleza (CE) e São Luís (MA), com as reeleições de Roberto Cláudio e Edivaldo Holanda Júnior, respectivamente. Já a cidade de Maringá (PR) terá a oportunidade de conhecer o trabalho do ex-presidente da Câmara Municipal, Ulisses Maia.

Em Fortaleza, Roberto Cláudio conquistou 678.847 votos, que equivalem a 53,57% da preferência dos eleitores, contra 46, 43% de seu adversário, Capitão Wagner. Na reta final da campanha, o atual prefeito da capital cearense sofreu ataques do candidato do PR, que foi punido pela Justiça Eleitoral por difamação.

“Vou continuar valorizando o que é essencial em Fortaleza: a saúde. Essa é a área em que mais investimos, mas é a área que ainda precisa de mais atenção. O meu compromisso com meu povo me deu a confiança de continuar por mais quatro anos trabalhando por nós pela cidade. É trabalhar pela saúde como uma grande prioridade”, disse Roberto Cláudio.

Com 285,242 votos, Edivaldo Holanda confirmou a aprovação de seu governo e conquistou, nas urnas, o direito de continuar o seu governo na capital do Maranhão com 53.94%.  “Depois de tanto trabalho, chegamos ao momento da eleição, e nesses quase três meses tivemos a chance de mostrar para cidade tudo que foi feito. Agora é continuar o trabalho a partir de 2017”, disse Edivaldo Holanda Júnior.

Ulisses Maia conquistou o direito de governar Maringá – terceira maior cidade do Paraná e a sétima mais populosa da região sul do Brasil – com 118.635 votos, ou seja, 58,88% da preferência do eleitorado, contra os 41,12% obtidos por Silvio Barros. “Quero deixar claro que, a partir de agora, sou prefeito de 100% dos maringaenses. Farei uma administração do bem, uma administração da paz e do diálogo”, disse Maia, durante a festa da vitória.