Paulinho acredita que emenda será deburrada no Senado

Presidente do Senado garante para sindicalistas que votação da regulamentação das centrais acontece até dia 15 de novembro

Durante a reunião ocorrida hoje em Brasília, o presidente do Senado, Tião Viana, garantiu aos presidentes das centrais sindicais que o Projeto de Lei (1990/2007), que regulamenta as centrais sindicais, acontecerá até o dia 15 de novembro. O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, também participou da reunião.

O presidente do Senado lembrou aos sindicalistas que sua trajetória política sempre foi ligada aos movimentos sociais e mostrou-se favorável ao projeto das centrais. “Vamos procurar as lideranças partidárias e explicar a importância de se aprovar este projeto que moderniza o sindicalismo”, afirmou o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho. “Fizemos um pacto com presidente do Senado para garantir os direitos e a organização sindical no país”, contou.

Tião Viana também marcou uma audiência pública para discutir o projeto para o dia 1º de novembro. A intenção, segundo o presidente do Senado, é sensibilizar os senadores sobre o projeto. Vale lembrar que o projeto de lei já foi aprovado no plenário da Câmara no dia 17 de outubro. Durante a votação, foi aprovada uma emenda nefasta para os sindicatos, que acaba com a obrigatoriedade do pagamento do imposto sindical “Vamos derrubar esta emenda no Senado. O Tião Viana mostrou-se favorável a retirada desta emenda do projeto”, disse o deputado federal Paulinho.