Patrícia Saboya recebe convite para filiar-se ao PDT

Senadora confirma negociação com PDT e descarta PSDB

A senadora Patrícia Saboya (PSB) confirmou, ontem, quando embarcava para Brasília, ter recebido convite da cúpula do PDT do Ceará para ingressar na legenda e viabilizar assim sua candidatura à Prefeitura de Fortaleza em 2008. Ela disse que foi procurada não somente pela direção estadual, através do presidente estadual, André Figueiredo, do presidente de honra, Flávio Torres, e Heitor Férrer, deputado estadual, mas também pelo presidente nacional pedetista, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi. O contato com Lupi foi em Brasília, na última semana.

Patrícia Saboya reafirmou que a possibilidade de deixar o PSB não está afastada porque, como reiterou, tem o sonho de disputar a Prefeitura, pois quer “contribuir” para o debate sucessório colocando seu nome à disposição do eleitorado da Capital. Ela disse que no PSB não há espaços para isso, porque a legenda está fechando apoio à reeleição da prefeita Luizianne Lins (PT). Ela deixou claro, porém, que esse seu desejo “não é uma obsessão”. A senadora revelou que, ainda nesta semana, vai procurar o governador Cid Gomes (PSB) e o presidente estadual do PSB, vereador Sérgio Novais, para tratar do assunto.

Cid Gomes, seu ex-cunhado, já admitiu que “pessoalmente” apoiará a reeleição de Luizianne “por questão de gratidão”. A prefeita o apoiou para o governo, enquanto Sérgio Novais revelou que a tendência do PSB é endossar o nome de Luizianne. Patrícia tem até o fim deste mês para decidir se deixa ou não o PSB.