Osmar Dias trabalha para que frigorífico se instale no Paraná


Implantação de abatedouro de aves Aurora significará investimento de R$ 500 milhões no sudoeste do estado

O senador Osmar Dias (PDT-PR) está empenhado na atração de um investimento de R$ 500 milhões para o sudoeste paranaense, buscando a implantação de um abatedouro de frangos da Aurora na região. O empreendimento também é disputado pelos estados vizinhos de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso. “É interesse de todos os paranaenses que esta empresa venha para o nosso Estado. Trata-se de um investimento de porte que poderá dinamizar a economia de toda uma região, mantendo a gente do sudoeste na própria terra, trabalhando, produzindo e obtendo renda”, afirma Osmar Dias, que nesta semana esteve em Chapecó, Santa Catarina, onde participou de reunião com a diretoria da Aurora, na sede empresa.
Na ocasião, Osmar defendeu a implantação da unidade Aurora no Paraná, como uma alternativa estratégica para a empresa, do ponto de vista sanitário, já que a Aurora já conta com unidades similares nos territórios gaúcho e catarinense. “Se ocorrer um problema sanitário em um dos estados em que a empresa já está instalada, por exemplo, restará outra opção para que ela não tenha as suas exportações prejudicadas”, observa o senador.
Como autor da lei do cooperativismo, Osmar Dias destacou ainda o suporte da Ocepar e da Faep no treinamento dos 3 mil trabalhadores que farão parte do empreendimento, caso o Paraná seja a sede do frigorífico.

A Aurora é a líder brasileira no abate de suínos. A empresa, que obteve faturamento de R$ 2,3 bilhões neste ano, conta com 17 cooperativas, das quais uma delas do Paraná, uma do Mato Grosso e as outras distribuídas nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. No abate de frangos, são duas as unidades da Aurora no Brasil e a empresa pretende implantar mais duas plantas, uma delas hoje disputada pelo Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso. O investimento estimado, na planta do abatedouro de aves, é de R$ 270 milhões e o equivalente, em reais, na infra-estrutura para a produção. O faturamento estimado da planta é de R$ 70 milhões por mês, com o abate de 300 mil frangos/dia.

Apoio

Na semana passada, Osmar Dias obteve o apoio do ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, para a instalação da planta do frigorífico no sudoeste paranaense.

No Paraná, as cidades que podem ser escolhidas para a implantação do empreendimento são Mariópolis, Clevelândia, Coronel Vivida, Mangueirinha, Pato Branco, Palmas e Vitorino.

A Aurora formou 10 grupos de trabalho para avaliar as condições oferecidas pelos estados concorrentes, entre elas a de infra-estrutura e logística, disponibilidade de água e madeira (eucalipto). A decisão sobre a sede do empreendimento deverá ser tomada em reunião do conselho da empresa marcada para o final do mês de setembro. – Assessoria de Imprensa

Gab.Senador Osmar Dias