Osmar Dias defende união política

“Fortalecimento do PDT começa pelas cidades”, afirma Osmar Dias
Em 1º Encontro Norte Paranaense da legenda, presidente do partido no Estado convoca lideranças para a eleição de prefeitos na maioria dos municípios em 2008

O presidente do PDT do Paraná, senador Osmar Dias, defendeu em Londrina, no final de semana, a união de forças políticas para a conquista das prefeituras da maioria das cidades do Estado nas eleições municipais do ano que vem. “O PDT está unido em torno de um projeto de crescimento. A prioridade é ter candidatos a prefeito em todas as cidades. Onde isto não for possível iremos apoiar os partidos parceiros”, afirmou Osmar no 1º Encontro Norte Paranaense do PDT.

“Está nas cidades a força do Paraná que trabalha, produz e respeita a sua população. Por isso, nos preocupa quando vemos cidades abandonadas no nosso Estado. Promessas de mais recursos, de hospitais, de mais segurança não passaram de promessas. Contra a perpetuação da pobreza a proposta do PDT é a da escola integral, da profissionalização e da geração de empregos. É preciso resgatar as pessoas pelo trabalho e pela qualificação profissional. Em Pato Branco, cidade administrada pelo prefeito Roberto Viganó, do PDT, 60% dos alunos da rede municipal de ensino estão na escola integral. E teve gente na campanha ao governo que afirmou que isto era impossível”, salientou Osmar Dias.
O presidente do PDT fez um alerta sobre os males da política assistencialista do governo. “É preocupante ver milhares de pessoas recebendo o Bolsa Família em nosso Estado. Isso não é motivo de comemoração, mas um alerta de que essas pessoas têm renda baixa, estão desempregadas ou em condição de subemprego.”

O deputado federal Barbosa Neto (PDT) também criticou a tutela permanente do poder público e disse que Londrina está hoje numa situação muito difícil por conta de políticas assistencialistas das gestões municipais. “Londrina já foi sinônimo de desenvolvimento, mas hoje enfrenta problemas. Nossa cidade precisa de um projeto político que promova o desenvolvimento não só de Londrina, mas também de uma área de influência que abrange outros 120 municípios”, observou Barbosa.

Lealdade
Osmar Dias lembrou que o partido teve grandes conquistas nas cidades da região norte nas eleições de 2006. “Em Londrina, 72% da população nos apoiaram e em Rolândia foram 78% os eleitores que escolheram o PDT. Foi uma vitória política do nosso partido. Vamos fortalecer ainda mais o partido nas cidades, em torno de um projeto que atenda às necessidades de cada região. Vamos eleger prefeitos e vereadores, porque o poder legislativo é também muito importante no processo político”, observou Osmar Dias.

O presidente do PDT paranaense ressaltou a fidelidade como condição fundamental para quem quer fazer parte do partido. “Queremos escolher pessoas leais para o PDT. Não queremos aqueles que trocam de lado por causa de pesquisas ou que não agüentam pressão política”, disse.

O evento pedetista reuniu, no sábado, no Parque de Exposições Ney Braga, pré-candidatos prefeito e a vereador de 50 municípios da região e lideranças de outros partidos, entre elas o deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB) e os deputados estaduais Durval Amaral (DEM) e Geraldo Cartário, que está para se filiar ao PDT. O presidente da Associação Brasileira dos Municípios, José do Carmo Garcia também prestigiou o encontro.

Assessoria de Imprensa