Nova diretoria do MAPI toma posse em solenidade no Rio

Em ambiente de muita alegria e brincadeiras, além de discursos sérios, tomou posse a nova presidente do Movimento dos Aposentados, Pensionistas e Idosos (MAPI-PDT), Maria José Latgé, e a sua nova diretoria. O ato foi realizado no saguão da sede nacional da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) na rua do Teatro 39, na Praça Tiradentes, Centro do Rio de Janeiro.

Entre outras personalidades estiveram presentes os ex-deputados federais Modesto da Silveira e José Maurício Linhares, além de integrantes da Executiva do PDT-RJ, militantes do partido e filiados do Mapi. Por iniciativa dos novos diretores, foram servidos refrigerantes para os convidados, enquanto os oradores se sucederam.

A presidente da Federação das Mulheres do Rio de Janeiro, Olga Amélia, também vice-presidente do Movimento em Defesa da Economia Nacional (Modecon) e militante do MAPI, comandou o “leilão” de um colar indígena, artesanato do índio Carajá Xorrã, também presente, amigo de Zezé Latgé. Ao final o colar foi arrematado por R$ 20 reais.

Usaram da palavra, entre outros militantes, para parabenizar Zezé e a nova fase do MAPI, Franklin Palmeira, fundador do PDT na Ilha do Governador; Albertina, militante histórica do partido; Nilo Gomes; o presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini, seção Rio de Janeiro, Margarida e a presidente do Movimento de Mulheres do PDT-RJ, Denise Trindade. Manoel Valim, integrante da executiva estadual e do Mapi, também esteve presente.

Ao final também foi anunciado a realização do primeiro seminário do Mapi, em conjunto com a Fundação Brizola – Pasqualini: será no dia 8 de agosto próximo sobre a crise da aviação civil brasileira com a participação, entre outros palestrantes, de Marcelo Duarte – ex-presidente da Associação dos Pilotos da Varig e militante do PDT, além do deputado Paulo Ramos, presidente da CPI sobre a falência da Varig; e o vereador Pedro Porfírio. 
    

Ascom PDT