No Ceará, PDT elege 51 prefeitos e se torna o maior do Estado

O Ceará se tornou o estado brasileiro com o maior número proporcionalmente de prefeitos eleitos pelo PDT. Ao todo, 51 pedetistas venceram no primeiro turno, o que representa 27% dos 184 municípios, o que demonstra um crescimento de 566%, em relação ao resultado de 2012.

Os números expressivos mostram a força da sigla no Estado, que desponta com o nome de Ciro Gomes como pré-candidato à Presidência da República pelo PDT em 2018. Na capital Fortaleza, o atual prefeito Roberto Cláudio vai disputar o segundo turno.

 Para o presidente da sigla no estado, deputado federal André Figueiredo, o protagonismo pedetista é reflexo da seriedade implementada nas ações do dia a dia. “O trabalho realizado, junto com as lideranças e a militância, para fazer uma política séria, coerente e consistente permite que o partido se diferencie num ambiente de desconfiança por parte da sociedade”, afirmou. “Seguiremos defendendo nossas bandeiras históricas, como educação e trabalho, para conquistar ainda mais desenvolvimento social e econômico para os brasileiros”, completou.

Entre os municípios que o partido venceu está a cidade de Sobral, importante município da região norte do Estado e terra natal de Ciro e Cid Gomes, que elegeu o também irmão Ivo Gomes com mais de 52% dos votos. O partido também garantiu a vitória em municípios de todas as regiões do Estado, com destaque para São Gonçalo do Amarante, que reelegeu Cláudio Pinho, e Guaramiranga, que escolheu Roberlândia Ferreira.

 Para Ciro Gomes, pré-candidato do PDT, à presidência da República, o partido tem conseguido agregar novas lideranças que estão cada vez mais sintonizadas com o desejo dos brasileiros.

 “O crescimento do PDT no Brasil demonstra que o partido não abandonou suas raízes e que, no trabalhismo, está a semente para mudanças estruturais, econômicas e políticas que a população brasileira tanto deseja”, ressaltou. “No Ceará, por termos um trabalho conhecido com Cid Gomes, e a liderança do André Figueiredo, conseguimos levar ainda nossa mensagem para todo o Estado”, afirmou. “Mas, com a vitória, vem a responsabilidade e temos que corresponder com trabalho e dedicação”.

Com os 51 prefeitos eleitos no Ceará em 2016, o partido cresceu 566% em relação a 2012, quando nove prefeitos foram eleitos com a bandeira trabalhista. No Brasil, o crescimento foi de 9,9%

Vereadores – A ida de Roberto Cláudio para o segundo turno na capital fez com que o partido elegesse o maior número de vereadores em capital. Foram ao todo 11 cadeiras das 43 disputadas, totalizando 208.831 votos ou 16,63% do total.