No Amazonas, Lupi debate conjuntura local e eleição suplementar para governador

Ascom PDT do Amaznonas02/06/2017

Em visita a sede do PDT em Manaus, no Amazonas, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, incentivou os líderes dos movimentos da legenda, que se reuniram para discutir a atual conjuntura local. A visita aconteceu na última quinta-feira (1º) e, na ocasião, foram discutidos, dentre outros pontos, a eleição suplementar para o cargo de governador do estado.

Lupi parabenizou a direção do partido, que tem como presidente, o deputado federal Hissa Abrahão, e destacou que para que uma agremiação partidária se torne forte, é preciso ter uma sede própria.

“O partido, em sua organização, começa com uma boa diretoria de própria. É aqui que a militância pulsa e toca o partido”, disse o presidente.

Movimentos

O presidente da Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini, professor Ademir Ramos, agradeceu aos militantes que participaram das discussões acerca das eleições suplementares 2017.

“Reunimos os nossos movimentos Religari, da Mulher, dos Índios, Negros, Juventude e Idosos, para debater sobre a candidatura do ex-governador Amazonino Mendes. Eles comprometeram-se também em articular forças com os partidos aliados para mobilizar os meios necessários com propósito de conscientizar o eleitor da importância de assegurar a candidatura da chapa de Amazonino Mendes para o governo do Estado, considerando o legado de trabalho que o ex-governador investiu no Amazonas em atenção a nossa gente”, comentou.