Morre primeiro prefeito de Gramado

Walter Bertoluci, 87 anos, primeiro prefeito de Gramado-RS, morreu na manhã desta sexta-feira (30) por complicações decorrentes de um câncer na bexiga. Ele estava em seu apartamento, em Porto Alegre, quando não se sentiu bem e veio a falecer.

Natural de Gramado, Walter Bertoluci nasceu em 13 de maio de 1921. Em 1951, começou a se dedicar à vida pública, tornando-se vereador de Taquara pelo então 5º distrito da cidade, Gramado. Após liderar o movimento emancipacionista do distrito, em companhia de Hugo Daros e Euzébio Balzaretti, foi eleito o primeiro prefeito do novo município.

Walter governou Gramado de 28 de fevereiro de 1955 a 31 de dezembro de 1959. Retornou ao comando da prefeitura em janeiro de 1969. Permaneceu no cargo até abril do mesmo ano, quando foi afastado do cargo pelo regime militar que passou a comandar o país.

Como prefeito, Walter criou a primeira usina de asfalto e o primeiro plano de asfaltamento de Gramado. Também promoveu melhoras na rede de ensino municipal e implantou a rede elétrica no meio rural. Junto com Oscar Knorr, foi o idealizador da 1ª Festa das Hortênsias, marco inicial do desenvolvimento turístico de Gramado. Walter também foi deputado estadual de 1962 a 1966. Em 1999, recebeu homenagem na festa dos 45 anos de emancipação de Gramado, bem como em 2004, no cinqüentenário do município.

Walter é pai do ex-candidato a prefeito e advogado João Alfredo Bertoluci (PDT). O atual prefeito, Pedro Bertolucci (PP), decretou luto oficial de três dias. Walter e Pedro Bertolucci (PP) tem grau de parentesco remoto.

Walter Bertoluci era viúvo de Edelvira de Castilhos Bertoluci e deixa cinco filhos: Perciano, Maria do Carmo, Arlete, João Alfredo e Fabiano.

Fonte: Pioneiro