Medrado denuncia descaso com Projeto Axé

O deputado federal Marcos Medrado (PDT ) abordou na Câmara dos Deputados a crise que está vivendo o Projeto Axé, um programa sócio-educativo que atende centenas de crianças e adolescentes da capital baiana, e que passa por graves dificuldades para se manter funcionando.
Segundo Medrado, sempre foi difícil a sobrevivência para qualquer cidadão voluntário, para qualquer pessoa ou instituição que deseja trabalhar na área da assistência social voltada para o empreendedorismo, voltada não somente no sentido do assistencialismo, mas também preocupada em promover as pessoas, assegurando-lhe cidadania, educação e preparação para o trabalho. Daí a luta que tem sido para Cesare de La Roca manter o Axé.
Ainda de acordo com o deputado, o Projeto Axé, além de viver uma fase de dificuldades de toda ordem, de natureza financeira, da falta de apoios da iniciativa privada e dos governos, vê-se, agora, ameaçado de sua extinção, pois a sua sede, no Centro Histórico de Salvador, nas proximidades de um dos templos mais antigos da nossa cidade, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, está em condições precárias de utilização e foi interditada pela Codesal e pelo IPHAN. “E o que é mais grave, os governos do Estado e do Município de Salvador estão devendo o aluguel do casarão, e isso é uma situação inadmissível”, frisou.

Tribuna da Bahia