Mauro Zacher assume diretório do PDT em Porto Alegre com foco na renovação e na inovação

30/10/2017

Mauro Zacher é o novo presidente do Diretório Metropolitano do PDT de Proto Alegre (RS), função que exercia interinamente desde o início deste ano. O vereador tomou posse durante a convenção municipal do partido, realizada neste domingo (29), na Câmara de Vereadores, diante de mais de 500 pessoas, dentre pedetistas e representantes de partidos aliados, com a presença do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e do presidenciável Ciro Gomes.

Em clima de expectativa para as eleições de 2018, Zacher – eleito com apoio maciço das lideranças do partido –, destacou os principais objetivos de sua gestão: organizar e mobilizar a militância do partido na Região metropolitana de Porto Alegre.

“Queremos reencontrar os 25 mil filiados que fazem parte da nossa base, promover reuniões ordinárias e resgatar a horizontalidade nas decisões”, ressaltou.

Assista abaixo a primeira manifestação de Mauro Zacher como presidente eleito do Diretório Metropolitano do PDT de Porto Alegre:

Confira minha primeira fala como presidente do diretório metropolitano do PDT durante a convenção municipal do partido neste domingo, 29/10.

Publicado por Mauro Zacher em Domingo, 29 de outubro de 2017

 

Partido se fortalece para 2018

Para Jairo Jorge, pré-candidato ao governo do estado pelo PDT, Mauro lidera um momento de renovação e fortalecimento do partido. “O PDT já estava forte no RS e faltava um pouco em Porto Alegre. Agora com o Mauro sei que vai avançar ainda mais”, avaliou.

Em sua fala, Ciro Gomes parabenizou Zacher  e lembrou alguns dos pontos de vulnerabilidade mais críticos do País atualmente, como os 13 milhões de desempregados e a maior população carcerária do mundo, com 700 mil presos.

“Vamos fazer todo o possível para ajudar o Brasil a entrar nos eixos. Temos que ajudar o povo a entender o que está acontecendo no país. Há condições de reerguer a economia e é pela política que faremos isso”, bradou.

Carlos Lupi falou da importância da organização partidária, do papel do PDT no País, no Rio Grande do Sul e na capital dos gaúchos. Para ele, o partido não tem que se preocupar com a questão eleitoral, mas firmar teses e convicções ideológicas que estejam afinadas com as causas do Trabalhismo.

“Precisamos buscar espaço no campo da esquerda e, a partir dai, firmar as alianças possíveis”, destacou“, ao lembrar que o PDT tem lado, “o que defende os interesses dos excluídos e do povo mais humilde”, ressaltou.

Homenagem à Lícia Peres

A memória da socióloga Lícia Peres, falecida em março desse ano, foi lembrada pelos convencionais do PDT. A jornalista Eloá Muniz, amiga e hoje responsável pela organização do seu acervo, falou sobre o seu trabalho político, especialmente nas áreas dos Direitos Humanos e a Cultura, destacado na luta pela Anistia, na década de 1980.

O filho de Lícia com o ex vice-prefeito Glênio Peres, Lorenzo, agradeceu a homenagem em nome da família com a lembrança da mãe sempre dedicada às causas trabalhistas ao lado do marido, até a sua cassação em 1964 por conta do Golpe Militar, e depois, até a sua morte em março de 2017.

Dentre as lideranças pedetistas que estiveram no encontro estão os deputados federais Pompeo de Mattos e Afonso Motta, Alceu Collares, Vieira da Cunha, o vereador Márcio Bins Ely, o ex-prefeito, José Fortunati e a vice-presidente nacional do partido, Miguelina Vecchio.

Também prestigiaram o presidente municipal do PC do B, Silvio Frasson, o presidente municipal do PSB, Elisandro Oliveira, o presidente municipal do PSOL, Roberto Robaina e as representações das direções municipais do PP e PT.