Manoel Dias: Vieira dará todo apoio à ULB

    

“Somos um partido de esquerda e como tal, precisamos nos organizar. A criação de núcleos de base é fundamental porque só assim poderemos mudar o quadro nacional. Precisamos de grandeza, precisamos nos organizar pelos núcleos de base. Temos que mudar a nossa forma de organização para chegarmos ao poder.


“Quem assistiu, comenta que a nova ULB até parece a Rede Globo. Moderna, dinâmica, bonita. E já está transmitindo, também, pela Internet. Vieira da Cunha, nosso novo presidente, é um dos entusiastas pelo uso dessa ferramenta política – a televisão. O PDT, com a ULB, vai, no mínimo, dobrar de tamanho. A gente se emociona vendo depoimentos de pessoas como aluna de Roraima que se desloca até 150 quilômetros para assistir aulas do ULB. Ou os 50 companheiros de São João Batista, no interior de Pernambuco, que se formaram. Estive lá: estavam nas suas melhores roupas, o padre local presente, uma formatura para ninguém botar defeito”.


“Estamos usando a mesma ferramenta que nossos adversários– a televisão. Todo dia eles desinformam milhões de pessoas, gerando dúvidas, falando mentiras, inclusive sobre nosso companheiro Lupi. Nós podemos levar nossa verdade pela televisão porque temos o que dizer. Ao contrário do PFL, do PSDB, que se contarem a verdade para seus eleitores, aí mesmo é que ninguém mais vota neles.


“É fundamental que cada companheiro abrace esta iniciativa, contribua para o crescimento da ULB: abrindo tele-salas onde for possível, até em suas próprias casas. Basta ter uma parabólica digital, um receptor digital e uma televisão. Lá fora o companheiro pode até colocar uma placa – “aqui funciona uma tele-sala da Universidade Leonel Brizola” – ampliando e ajudando a construir a audiência. O principal objetivo da ULB é a formação ideológica de nossos militantes.


‘Este ano vamos oferecer cursos de capacitação para vereadores, para nossos advogados tendo em vista as eleições municipais, unificando a orientação jurídica. Também daremos curso de marketing eleitoral, fiscalização, etc. E até o final do ano pretendemos ofertar também curso pré-vestibular para jovens. A ULB já é uma realidade e cada companheiro precisa conhecê-la, se apaixonar pela idéia. Precisamos criar massa crítica, gente bem formada politicamente, para o partido avançar. Para que nossas lideranças se renovem e ampliem para mudar o Brasil”.