Manoel Dias recebe Medalha Mérito Legislativo 2016

Ascom PDT
Manoel Dias recebe Medalha Mérito Legislativo 2016O secretário-geral nacional do PDT e presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP), Manoel Dias, recebeu nesta quarta-feira (30) a Medalha Mérito Legislativo, a maior condecoração da Câmara dos Deputados. A solenidade contou com a presença do presidente nacional da sigla, Carlos Lupi – agraciado com a honraria em 2009, quando ministro do Trabalho e Emprego –, do líder do PDT, Weverton Rocha (MA), responsável pela indicação, do deputado André Figueiredo (PDT-CE) e do presidente da Casa, Rodrigo Maia, entre outros parlamentares e personalidades civis.
 
Criada em 1983, a Medalha, uma das maiores do Parlamento Brasileiro, é concedida anualmente a autoridades, personalidades, instituições ou entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civil ou militar, nacionais ou estrangeiros, que tenham prestado serviços relevantes ao Poder Legislativo ou ao Brasil.
 
Na edição deste ano, a condecoração também reconheceu a história de Manoel Dias na defesa dos direitos dos trabalhadores e da educação pública de qualidade. Na oportunidade, Weverton Rocha explicou que o fundador do PDT foi indicado pelo partido por ser um exemplo para as gerações mais novas.
 
“A outorga da Medalha Mérito Legislativo serve como manifestação de reconhecimento e de gratidão pelos serviços prestados ao povo que nós representamos. Serve também como inspiração, para que mais brasileiros, seguindo o exemplo dos homenageados de hoje, busquem realizar ações que orgulhem a Nação. Por isso indicamos Manoel, Dias, por ser um desses exemplos de defesa da democracia e de justiça”, destacou o líder.
 
Já o deputado federal André Figueiredo (CE), também presente na cerimônia, destacou o legado de Manoel Dias na defesa das bandeiras do Trabalhismo. Para ele, o ex-ministro do Trabalho e Emprego no governo Dilma Rousseff, é um militante conhecido por defender suas posições por vocação e paixão.
 
“Essa condecoração simboliza a árdua luta promovida por líderes pedetistas para defender os interesses do povo brasileiro a partir dos ideais do Trabalhismo. Por isso, sempre esteve junto com o nosso presidente Carlos Lupi, ao lado do nosso querido Brizola”, afirmou André Figueiredo, que também é vice-presidente nacional do PDT.
 
Reconhecimento
 
Manoel Dias iniciou sua vida pública na década de 1960, como líder estudantil. Ex-ministro do Trabalho, de 2013 a 2015, Dias é presidente da Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini, e presidente da legenda em Santa Catarina. Advogado, Manoel Dias foi eleito vereador de Içara, em 1962, pelo PTB, e teve o mandato cassado após o Golpe Militar de 1964. Foi um dos fundadores em 1965 do MDB em Santa Catarina. No começo da década de 1980, com Leonel Brizola e outros trabalhistas, ajudou a fundar o PDT.