Lupi vai a Belém lutar pela mudança

Wellington Penalva

Carlos Lupi vai a Belém lutar pela mudançaEsgoto a céu aberto, ruas e prédios históricos deteriorados. Este é atual cenário de Belém do Pará, onde o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi esteve nos últimos dois dias (14 e 15) lutando a favor da mudança, apoiando a candidatura de Edmilson Rodrigues (PSol) e de seu vice, o companheiro pedetista Allan Pombo.

Na quarta-feira pela manhã, o líder do PDT caminhou ao lado dos candidatos pelas ruas do bairro de Águas Lindas. As mazelas sociais assustaram Lupi: “Aqui só vejo águas sujas e o povo se virando como pode”, comentou a respeito dos esgotos à beira das calçadas e dos comércios e estruturas improvisadas ao longo do caminho.

“Belém tem que ser devolvida ao seu povo. A cidade está abandonada, as pessoas estão sem emprego e vivendo em condições precárias. Edmilson tem experiência, já foi prefeito, é um homem culto e sensível às dificuldades de Belém. Com a ajuda de Allan, jovem promissor nas lutas sociais, tenho certeza que Belém voltará a dar dignidade à sua população”, avaliou Carlos Lupi.

Com candidatos pedetistas a prefeito e vereador no Estado, Lupi gravou vídeos para as campanhas durante a tarde. A agenda seguiu, à noite, na Plenária Geral. O evento reuniu partidários da coligação, que discursaram acerca da necessidade de retomar Belém a favor do povo, priorizando uma política social.

Lupi participou de mais uma caminhada, nesta manhã. Dessa vez, percorreu a Feira do Ver-o-peso testemunhando o descuido com o Centro Histórico da capital. A realidade de Belém e a receptividade do eleitor nas ruas apontam para a vitória da coligação esquerdista.

A equipe que percorreu a capital paraense contou, também, com a presença do presidente do PDT do Pará, deputado estadual Miro Sanova, e do secretário-geral do partido no estado, Raimundo Pinheiro.