Lupi e Manoel Dias prestigiam novas filiações em Santa Catarina

    

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, acompanhado de Manoel Dias, presidente do PDT de Santa Catarina, percorreu neste domingo (30/9) os municípios catarinenses de Criciúma, Balneário de Camboriú e Itajaí para recepcionar novos filiados ao PDT. Em Criciúma, além do ingresso de mais 4 mil filiados, houve o lançamento da candidatura do atual vice-prefeito, Gelson Fernandes (PDT), para disputar a prefeitura em 2008. Na segunda-feira, ainda em Santa Catarina, Lupi visitou a nova sede do PDT em Florianópolis, as instalações da DRT-SC, e participou de um almoço para recepcionar novos filiados ao partido, inclusive o reitor da Universidade Municipal de São José – antes de visitar Joinville, onde cumpriu agenda oficial como ministro e, à noite, reuniu-se com os pedetistas locais e também endossou novos filiados.

Na foto, Lupi e Manoel Dias em Criciúma

 

A visita a Criciúma, no Sul, começou com uma visita ao projeto social Abadeus, no bairro Cristo Redentor, dos mais pobres da cidade, projeto que atende a 250 pessoas entre adultos, crianças e adolescentes. A diretora da entidade, Shirlei Monteiro apresentou aos visitantes – Manoel Dias e Gelson Fernandes acompanhavam Lupi – as oficinas de artesanato da  instituição, as obras de um centro multiprofissional  e produtos artesanais fabricados na comunidade.

 

Lupi assistiu a apresentação de um coral infantil do projeto “Sinfonia de Talentos” e ao final, Shirlei pediu ajuda para que sejam criados novos cursos de qualificação profissional na Abadeus. De lá Lupi seguiu para o Clube dos Contabilistas onde, em almoço pago que reuniu cerca de 500 pessoas da sociedade local, foi feito o lançamento da campanha a prefeito de Gelson Fernandes e a apresentação de novos filiados.

 

Falando em nome do PDT estadual, Manoel Dias, também secretário nacional da legenda, assinalou que Santa Catarina será um dos estados que mais votos dará ao PDT nas eleições do ano que vem — sendo bom exemplo da força da legenda no estado o trabalho realizado na região carbonífera por Rodrigo Minotto, coordenador regional. Dias assinalou ainda que Lupi é “militante da primeira hora que está ministro”.

 

Segundo a falar, o vice-prefeito Gelson Fernandes convidou a presidente do PDT local, Rose Duarte, para que recebesse dezenas de fichas de novos filiados além de lista com mais de 4 mil nomes de recém-filiados. Na qualidade de prefeito de Criciúma, Gelson agradeceu a presença de Lupi destacando que ele estava ali – domingo – para alavancar candidaturas do PDT catarinense. Destacou também que um de seus principais objetivos ao disputar a prefeitura era o de “resgatar a história de  Brizola e Darcy Ribeiro”.

 

Último a falar antes do almoço, Lupi exaltou o trabalho de Gelson destacando que uma das lições que Brizola deixou foi a de que “a causa do partido é sempre muito maior do que cargos”, daí a sua satisfação de estar ali mesmo sendo um domingo. Lupi disse também que a presença do PDT no governo Lula “é uma garantia de que os trabalhadores brasileiros não perderão nenhum de seus direitos instituídos na Era Vargas”.

 

Acompanhado do presidente do PDT de Florianópolis, Luiz Viegas, Lupi e Manoel Dias se deslocaram para Camboriu onde, no restaurante Dom Alberto, participaram da filiação de cerca de 300 pessoas. O deputado estadual Dagomar Carneiro observou que o encontro estava sendo positivo porque seu objetivo era o de “fortalecer o PDT pela esquerda, para que ele seja uma alternativa popular para Camboriu”.

 

Dagomar destacou que o trabalho de construção do PDT era permanente e não deveria parar a não ser quando se encerrar o prazo para novas filiações, 5 de outubro, porque na sua opinião, as eleições de 2008 já estão sendo disputadas no trabalho de atração de novos quadros e bons candidatos. Manoel Dias, por sua vez, disse que está empenhado na renovação do PDT pelas bases. Dias destacou a necessidade do trabalho permanente de capacitação de quadros e citou a necessidade de todos se empenharem na construção de núcleos de base e de telesalas da Universidade Leonel Brizola.

 

Hilário Scherner, organizador da reunião, antes de chamar Lupi, fez questão de destacar que o PDT de Camboriu, com o reforço dos novos filiados estava reatando o fio da história  que levou o partido, no passado, a ter grande visibilidade na cidade.

 

Lupi explicou que o PDT, dos 11 partidos que compõem a base aliada, foi o único que antes de apoiar o governo preparou um documento, assinado por Lula, dizendo exatamente quais eram seus objetivos – especialmente a defesa dos direitos dos trabalhadores e defesa dos direitos dos aposentados e pensionistas, exigindo compromissos de Lula  Destacou também a luta de Brizola por um Brasil melhor.

Na foto, no calçadão de Camboriú

Lupi convocou o partido de Camboriú a organizar núcleos de base, como Manoel pregou, peparar quadros “e mostrar ao povo que somos diferentes até porque temos orgulho de nossa história que nos permite trabalhar ao lado do povo no presente e sonhar com o futuro”.  Falou também da necessidade de honrar o legado político de Brizola. Dois  pré-candidatos a prefeito – Darcy e Romero – também fizeram uso da palavra.

 

De lá Lupi e Manoel Dias se deslocaram para Itajaí, cidade próxima, para participar da festa para novos filiados realizada no clube Sociedade da Vila Operária que coincidiu com  as convenções do diretório municipal, presidido por Marcelo Sodré, e da JS-PDT.  Eles chegaram por volta das 20 horas sendo saudados com slogans e  palmas.

 

Falando aos presentes, Manoel Dias, assinalou que a JS-PDT “é a fonte da renovação” do partido e precisa ser prestigiada ao máximo. A organização partidária, acrescentou, é fundamental e precisa, muito, do engajamento dos jovens. Lupi também saudou aos jovens presentes na pessoa de Marcelo Sodré, presidente local do PDT e integrante da JS-PDT. 

 

A visita de Lupi a Santa Catarina prosseguiu na segunda-feira quando, logo pela manhã, visitou a nova sede do PDT local, na principal e mais movimentada avenida de Florianópolis, a Mauro Ramos. Acompanhado de Manoel Dias, Lupi percorreu as instalações do diretório e cumprimentou os funcionários do partido.

 

De lá seguiu para a sede da DRT de Santa Catarina, também no Centro da cidade, onde percorreu detalhadamente todas as instalações acompanhado do delegado regional, Luiz Viegas, e assessores. Depois da vistoria, Lupi concedeu várias audiências no gabinete do delegado regional, também presente. Entre outros atendeu ao presidente da Federação Nacional dos Jornalistas, Sérgio Danillo, que mora em Florianópolis, que pediu a interferência do ministro junto às repartições do Ministério do Trabalho espalhadas pelo Brasil que concedem, irregularmente, registro profissional de jornalistas para pessoas não qualificadas. Lupi garantiu ao presidente da Fenaj que o ministério vai agir para coibir as irregularidades, a partir de situações concretas levadas ao governo, pela Fenaj.  As audiências na DRT ocuparam toda a manhã.

 

À tarde Lupi se dirigiu à churrascaria “Meu Cantinho”, em São José, município da Grande Florianópolis, para participar de almoço organizado pelo PDT local para homenagear novos filiados, mais de 50, entre eles o reitor da Universidade Municipal de São José, a primeira a ser organizada por uma prefeitura no Brasil, Telmo Pedro Vieira – que dirigiu saudação aos presentes, em nome dos novos filiados.

 

De lá Lupi foi para Joinville, Norte do estado, onde deu início formalmente – com ajuda do prefeito local, Marco Antonio Tebaldi – a uma parceria para transferir a Subdelegacia local da DRT para um novo prédio mais condigno. O prefeito Tebaldi aproveitou a oportunidade e pediu ajuda de Lupi para implementar na cidade – a mais importante de Santa Catarina – cursos de qualificação profissional porque embora a cidade seja uma das mais ricas de Santa Catarina e do país, por conta das grandes industrias instaladas no município, começa a se agravar a questão da delinqüência entre os jovens – principalmente por falta de especialização para trabalhos qualificados.

 

Lupi também se reuniu com o coordenador da região de Joinville da Caixa Econômica Federal que solicitou a sua ajuda para a descentralização do atendimento dos trabalhadores com direito ao auxílio desemprego. A idéia é facilitar a vida dos trabalhadores e Lupi apoiou a demanda, que considerou ótima idéia.

 

À noite Lupi participou de reunião com o PDT local no plenário da Câmara Municipal conduzida pelo vice-prefeito de Joinvile, Rodrigo Bornholdt, candidato do PDT na eleição do ano que vem. Lupi fez palestra aos pedetistas locais falando dos objetivos de longo prazo do partido, citando as trajetórias de Getúlio Vargas, Jango e Brizola – além das bandeiras de luta permanentes do PDT. Ao final, respondeu a perguntas.