Lupi e Manoel Dias discursam em Congresso da Internacional Socialista

Com Bruno Ribeiro/Flb-AP02/03/2017

Começou hoje (2) a vai até o próximo sábado (4) o XXV Congresso da Internacional Socialista em Cartagena, Colômbia. O PDT participa do encontro com comitiva liderada pelo presidente Nacional Carlos Lupi e pelo secretário nacional da legenda, Manoel Dias. Lupi será confirmado vice-presidente da Internacional Socialista.

Em discurso nesta quarta, Lupi defendeu a manutenção dos direitos trabalhistas e alertou para os dirigentes da internacional quanto ao momento político vivido no Brasil e no mundo.

“Precisamos refletir sobre o que acontece no mundo. A Internacional Socialista não pode aceitar a construção de muros. A direita continua crescendo na humanidade com o poder do capitalismo”, disse.

“Nós, socialistas e sociais-democratas, olhamos para os seres humanos. Peço uma reflexão sobre o que acontece no mundo e que impacta a humanidade. Precisamos derrubar os muros da discriminação. É o papel da Internacional Socialista, que sempre esteve na vanguarda”, convocou o pedetista.

Ao liderar a comitiva do PDT junto do presidente da sigla, Carlos Lupi, Manoel Dias reforçou a importância da mobilização dos grupos socialistas. “As forças de esquerda precisam estar cada vez mais integradas para combater essa onda reacionária e neoliberal que assola países em todo o mundo. Por isso, o alinhamento das ações é fundamental para impedir o retrocesso social e a retirada de direitos históricos”, afirmou, ao também dialogar com María Isabel Allende, do Partido Socialista chileno.

“No Brasil, a jovem democracia sofreu um atentado no ano passado. O atual governo segue a cartilha do sistema financeiro e promove movimentações que buscam destruir a Previdência e a CLT, além de correr para entregar o nosso petróleo, que é a riqueza para emancipação do nosso povo”, alertou Dias, que foi ministro do Trabalho e Emprego no governo da presidente Dilma Rousseff.

A delegação pedetista também conta com a presença dos vice-presidentes nacionais do partido, Miguelina Vecchio, André Figueiredo, Vieira da Cunha, além do secretário de Relações Internacionais da sigla brasileira, Márcio Bins Ely, da dirigente da Ação Mulher Trabalhista (AMT), Marli Mendonça, e do vice-presidente estadual do PDT no Ceará, Josbertini Clementino.

Programação

O evento, que apresenta o slogan “por um mundo em paz, com igualdade e solidariedade”, promoverá uma série de debates sobre ações executadas e propostas para redução dos conflitos, com destaque para o processo de pacificação existente na Colômbia, foi destacado pelo presidente local, Juan Manuel Santos.

Além do processo eleitoral da IS, o evento promoverá painéis que darão destaque para a implementação de políticas para estimular uma maior igualdade na economia nacional e mundial.