Lupi condena campanha do grupo Sarney contra Jackson

Em meio a fortes manifestações de apoio e aplausos, o governador Jackson Lago e o ministro do Trabalho Carlos Lupi marcaram presenças no ato que encerrou a Semana Estadual da Juventude, na noite de sábado, 27, na Casa do Maranhão. No final do encontro, o governo recebeu o projeto do Plano Estadual da Juventude, documento que reflete as necessidades e perspectivas dos jovens maranhenses, e que será analisado e, logo após, encaminhado para apreciação da Assembléia Legislativa. Lupi confirmou parcerias com o estado na área de capacitação para o mercado de trabalho. 

Segundo o governador, a presença do ministro de uma das mais importantes pastas do governo Lula, na Semana da Juventude, anunciando programas e oportunidades de trabalho e crescimento para os jovens, é um momento especial para o Maranhão. “O Ministério do Trabalho se fará presente nesse estado através de ações concretas. 

Estamos buscando financiamento para treinar as pessoas e inserí-las no mercado de trabalho. E a nossa juventude terá oportunidade de acesso a esses treinamentos”, disse. Jackson Lago afirmou que as fortes manifestações, demonstradas durante a Semana da Juventude com debates consistentes, que resultaram na elaboração do Plano Estadual da Juventude, “mostram que um outro Maranhão é possível”. Durante o encerramento do
evento, o governador instituiu, através de decreto, a I Conferência Estadual de Políticas Públicas da Juventude. 

O governador lembrou que o fato de ter criado secretarias como a da Juventude, Igualdade Racial, Trabalho e Economia Solidária, Direitos Humanos e Mulher, incomoda aqueles que passaram 40 anos no poder e não se preocuparam com a valorização humana e social. “Nós abrimos essas pastas para que os problemas dessas áreas sejam questionados dentro do próprio governo. Esse é o perfil que eles não aceitam, mas nossa missão é criar oportunidades e favorecer o diálogo, a democracia”, enfatizou. 

Resistência e persistência – Durante o seu discurso, Carlos Lupi reiterou a preocupação do governo Lula com a juventude do Maranhão e condenou, em palavras fortes, a campanha de difamação que a mídia ligada ao grupo Sarney vem promovendo no Maranhão. O ministro, que conhece Jackson Lago há anos e é presidente nacional do PDT, disse que “ninguém tem autoridade para falar da moralidade do governador, que é um homem íntegro e um exemplo de resistência e persistência para o estado”. 

“Exemplo de persistência e resistência, porque Jackson Lago passou anos lutando contra o poder que estava instalado no Maranhão, perdeu noites de sono e chegou à vitória. Mas a luta não acabou aí. Depois de ter vencido no voto, ainda tentam atingí-lo, disseminando mentiras por todo o estado de um homem que tem vida reta e limpa e que não há dinheiro no mundo que o corrompa. E esse também é um exemplo para vocês, jovens. Não se deixem vencer nunca. Lutem, divirjam, cobrem e acreditem na força de cada um”, enfatizou Carlos Lupi, que citou ainda as trajetórias do saudoso Leonel Brizola e do ex-deputado Neiva Moreira, também presente no encerramento do evento. 

Em um dos trechos de sua fala, o ministro anunciou que está abraçando, a partir de agora, a campanha pela eleição dos Lençóis Maranhenses como uma das sete maravilhas naturais do mundo. Carlos Lupi aproveitou a visita ao Maranhão para conhecer o maior patrimônio natural do estado e se impressionou com a rara beleza das dunas e lagoas. 

Como parte da agenda do ministro no Maranhão, nesta segunda-feira (29), às 8h30, ele estará na inauguração da Casa da Juventude e, juntamente, com o secretário de Estado da Juventude, Weverton Rocha, fará assinatura simbólica de um termo de parceria com o empresariado.
Lupi estará presente também na aula inaugural do Consórcio Social da Juventude de São Luís e na assinatura de um convênio entre o governo e o Ministério do Trabalho, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana. 

À tarde, o ministro prestigiará uma cerimônia que será realizada pela Secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres), das 15h às 16h30, no auditório da Associação Comercial do Maranhão. Ele irá proferir uma palestra sobre “Qualificação profissional e inclusão social no Maranhão”.


Juventude – Outro discurso que marcou o encerramento da Semana da Juventude foi o de Weverton Rocha, que também condenou as investidas da mídia sarneysista contra o governo. Ele louvou a iniciativa do governador em criar a Secretaria da Juventude e disse que “o jovem agora tem vez e voz” para questionar e expor suas dificuldades e problemas e encontrar suas soluções no governo. “Foi para isso que Jackson Lago chegou aqui. E ele está mostrando isso, porque está conosco, manifestando apoio e buscando parcerias e melhorias que atendam as nossas necessidades”, lembrou. 

Delegações de aproximadamente 90 municípios maranhenses participaram da Semana Estadual da Juventude. A maioria formada por jovens integrantes de entidades juvenis do Fórum Estadual de Juventude (Fejma). Durante esses dias, foram discutidas questões ligadas ao jovem maranhense, em uma vasta programação. 
Marcaram presenças ainda no encerramento do evento além do governador, do ministro, do secretário da Juventude e de Neiva Moreira, os deputados federais Domingos Dutra (PT) e Ribamar Alves (PSB); o presidente do Conselho Estadual da Juventude, Raimundo Penha, o adjunto da Secretaria Nacional da Juventude, Danilo Moreira; o representante do Fórum Estadual da Juventude, Ailton Barros; o coordenador municipal da Juventude, Olímpio Araújo; e o secretário da Igualdade Racial, João Francisco dos Santos.

Jornal Pequeno