Líder diz que Lago desbancou oligarquia

O líder do PDT na Câmara, deputado Brizola Neto(RJ), manifestou no plenário seu pesar pela morte do colega Adão Pretto(PT-RS), ocorrida na manhã desta quinta-feira(5). O pedetista destacou a atuação do deputado que já integrou os quadros do PDT no Rio Grande do Sul. “Ele foi um homem de luta, de organização dos movimentos sociais, da defesa dos trabalhadores que lutavam pela terra e que, sem dúvida nenhuma, fará uma falta muito grande a este Parlamento”, salientou.

O líder aproveitou a ocasião para comunicar a preocupação do seu partido com o processo que tramita no Tribunal Superior Eleitoral e que ameaça cassar o mandato do governador do Maranhão. “Esse processo busca cassar a vontade popular, cassar a soberania popular. E o PDT e o povo do Maranhão estarão atentos a esse processo, que, sem dúvida nenhuma, põe em risco a própria democracia”, afirmou.

Ao finalizar Brizola Neto declarou ainda que “a única coisa que pesa contra o governador é o fato dele ter desbancado uma oligarquia coronelista e corrupta que controlava o Maranhão”.