Leite Filho lança biografia de Brizola em Brasília

Depois do lançamento em Porto Alegre, no último dia 1º de julho foi a vez do público de Brasília prestigiar o lançamento do livro “EL CAUDILLO Leonel Brizola, Um Perfil Biográfico”, do jornalista FC Leite Filho. Cerca de 200 pessoas campareceram ao evento realizado no Espaço do Servidor, na Câmara dos Deputados. Por lá passaram deputados pedetistas, como Brizola Neto(RJ), Manato(ES), Mário Heringer(MG), Paulo Rubem Santiago(PE), Barbosa Neto(PR),  Sebastião Bala Rocha(AP), Damião Feliciano(PB) e de outros legendas como  José Genuíno(PT-SP), Sérgio Carneiro(PT-BA), além do presidente da JS/PDT-DF, Glauco Rojas, amigos, colegas e jornalistas. Outro evento movimentou a noite da capital federal na última quarta-feira(09), no restaurante Carpe Diem. Por lá passaram o o presidente do PDT DF, Georges Michel, o líder do governo na câmara, deputado Henrique Fontana(RS) e a deputada Maria do Rosário(RS).  Está sendo articulado para final de julho ou início de agosto o lançamento da Biografia no Rio de Janeiro.

Mais de 300 pessoas compareceram ao lançamento do livro “EL CAUDILLO Leonel Brizola, Um Perfil Biográfico”, do jornalista FC Leite Filho, ocorrido nesta quinta-feira (19/6) na Livraria Cultura, em Porto Alegre, dentro dos eventos para lembrar o quarto aniversário da morte do fundador do PDT, que prosseguem neste sábado (dia 21/6) em São Borja (RS) com sessão solene da Câmara Municipal, solenidade no cemitério local e inauguração de uma exposição fotográfica. 

O presidente nacional do PDT, deputado Vieira da Cunha, e o Ministro do Trabalho e presidente licenciado, Carlos Lupi, estarão hoje em São Borja, juntamente com outros dirigentes e militantes do PDT nacional e gaúcho.

(Na foto, a esquerda, os jornalistas Carlos Bastos e Carlos Alberto Kolecza)

 
Estiveram presentes na Livraria Cultura de Porto Alegre, entre outros, o presidente e o secretário nacional PDT, deputado Vieira da Cunha e Manoel Dias; o atual e o ex-presidente do PDT gaúcho, Romildo Bolzan e Matheus Schmidt, além do candidato a vice-prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, a neta de Brizola, Juliana Brizola e personalidades como Afonso Mota, vice-presidente da RBS e militantes do PDT-RS, além de jornalistas, professores e  estudantes. O editor do livro, José Carlos Venâncio, e sua mulher, também prestigiaram o lançamento.
 
Ao abrir a sessão de autógrafos no mezanino da Cultura, o presidente nacional do PDT, Vieira da Cunha, destacou que o livro de Leite Filho é importante para as futuras gerações.  “Essa biografia é um presente não só para a família trabalhista , mas para todos os jovens do Brasil que não conheceram Brizola e terão a oportunidade, através deste livro, de conhecê-lo. Leite Filho resgatou a memória e a trajetória do grande líder trabalhista que se pudesse ser resumido em uma palavra, eu diria – patriota”, salientou.
 
Sobre o autor, Vieira destacou que Leite Filho, que trabalhou anos a fio com Brizola, foi testemunha privilegiada de muitos fatos que marcaram a vida de Brizola. Leite, por sua vez, ressaltou que procurou escrever o livro com objetividade e espírito crítico – dedicando a ele tudo o que aprendeu nos anos de profissão de jornalista. “Brizola teve uma vida muito rica e o livro é uma síntese, uma tentativa de reunir fatos marcantes, com a consciência de que cada um dos episódios vividos por Leonel Brizola, como o da Legalidade por exemplo, valem cada um deles um livro”.
 
A biografia terá dois lançamentos em Brasília: no dia 1º de julho, terça-feira, na Câmara dos Deputados; e no dia 9 de julho, no Restaurante Carpe Diem, na 104 Sul. Também estão sendo programados lançamentos nas cidades do Rio de Janeiro, São Luis, Fortaleza, Recife. Belo Horizonte, Salvador e São Paulo. Julina Brizola, neta de Brizola, e Leite Filho
 
O livro, de 544 páginas, da Editora Aquariana, já se encontra à venda na rede de lojas da Livraria Cultura, sendo que a partir de primeiro de julho também poderá ser comprado em outras redes, ou ainda pela Internet, através da página www.aquariana.com.br . Pedidos diretos também podem ser feitos à editora pelo telefone (0xx11) 5031-1500.
 
A programação em memória de Brizola prossegue neste sábado em São Borja, cidade natal dos presidentes Getúlio Vargas e João Goulart, para onde seguem em caravana o presidente do PDT, Vieira da Cunha, e o presidente licenciado, Ministro Carlos Lupi, do Trabalho, além de diversos amigos de Brizola e dirigentes do PDT, além de militantes do partido. A programação prevê sessão especial da Câmara Municipal de São Borja em homenagem a Brizola às 10 horas, almoço ao meio dia, solenidade no cemitério de São Borja às 14 horas, e inauguração de exposição fotográfica na Praça XV, central, onde também está o mausoléu em memória do presidente Vargas, projetado por Oscar Niemeyer. 

Sobre o livro

A Editora Aquariana lança dia 1o. de julho, terça-feira, às 19 horas, na Câmara dos Deputados, o livro “EL CAUDILLO – Leonel Brizola – Um perfil biográfico”, do jornalista FC Leite Filho. Haverá nova noite de autógrafos no restaurante Carpe Diem, da 104 Sul, dia 9 de julho (quarta-feira), também a partir das 19 horas. Na seqüência, o livro será lançado no Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza, São Luiz e São Paulo. (Contendo 544 páginas e três galerias de fotos, a partir de farta documentação e de depoimentos de 50 testemunhos, o livro aborda o itinerário político de Leonel de Moura Brizola, desde sua militância na juventude.) 

Por mais de 50 anos, Leonel Brizola sacudiu a política brasileira com um feitio ousado e desafiador. Aos 37 anos, surpreende os Estados Unidos desapropriando uma de suas empresas, em Porto Alegre , e aos 39, enfrenta e vence o Exército, que vetara a posse do Vice-Presidente João Goulart. Tudo a partir de sua mensagem incandescente e uma noção de estratégia só comparável aos grandes generais da história. Foi também um político de grande votação e um gestor arguto que introduziu o moderno planejamento na administração pública brasileira, quando revolucionou a educação. 

Por que ele não se elegeu Presidente, em 1989, quando já tinha dado a voltFCLeite Filho e Brizola, liderança do PDT na Câmara, em 2000a por cima da cassação e do exílio de 15 anos? É o que se propõe a relatar e avaliar aqui o repórter e analista político FC Leite Filho, que conheceu Brizola em Lisboa, dias antes da anistia, em 1979, quando com ele entabulou uma longa convivência que, nos últimos tempos, se tornou quase diária. É desta aproximação e da farta documentação que reuniu , que o autor tenta enfocar os altos e baixos do último dos grandes caudilhos sul-americanos. 

Diz o prefácio do jornalista e ex-deputado Neiva Moreira, de 90 anos, secretário-geral da Frente Parlamentar Nacionalista (1964) e um dos braços-direitos de Brizola:
“Aqui se retrata a longa e acidentada ação política e social e os pequenos e grandes fatos da vida deste brasileiro, com quem convivi por mais de 40 anos, tanto nos momentos de glória como nos de opróbrio.”  O livro tem o formato de 16 X 23, com 544 páginas e custará R$ 59,00.

Leia Comentário: El Último Caudillo Brasileño
http://pedroayres.blogspot.com/2008/06/brizola-el-ltimo-caudillo-brasileo.html

O autor

Francisco das Chagas Leite Filho, (Sobral – Ceará, 1947) reside em Brasília desde 1968. Começou no rádio, em sua cidade, aos 14 anos, e na capital, militou nos principais jornais – Correio Braziliense, Diário Popular, Estado de Minas, Jornal do Brasil, Correio do Povo, O Globo e Folha de S. Paulo. Em 1977-78, atuou como correspondente do Correio, em Londres. Conheceu Leonel Brizola  quando este ainda era exilado, em Lisboa, em 1979, como enviado especial do CB . A partir daí desenvolveu intensa amizade com o líder trabalhista, tornando-se membro do Diretório Nacional e assessor na Liderança do PDT, em 1989. 

Leia também: El Caudillo, biografia de Brizola, será lançado dia 7/08, no Rio de Janeiro