JS/PDT debate a Reforma Política

A direção nacional da Juventude Socialista do PDT – JS/PDT, debaterá os efeitos da reforma política entre jovens, a reunião será na próxima terça-feira (12), em Brasília, também será estabelecida a data para um seminário nacional que deverá aprofundar a discussão e ampliar o debate inclusive com a participação das Juventudes de todos os Partidos.

Há na JS/PDT quem defenda o voto em lista e há quem é contrário, ambos com bons argumentos, “nós queremos contribuir com o debate da reforma política, por que seremos diretamente atingidos por eventuais mudanças, o voto em lista permite o financiamento público o que facilitaria candidaturas de muitos jovens, porém em que lugar da lista estarmos? Na ponta de cima ou na debaixo? Perguntas como estas devem ser respondidas” afirma Luizinho Martins, presidente nacional da JS/PDT.

Com o voto em lista os partido farão a escolha da ordem dos candidatos através de disputa interna o que em tese facilitaria para os filiados que tem maior militância, “geralmente os jovens tem uma vida partidária mais ativa, mas isso não garante a nossa entrada na lista, o que também devemos discutir é o fim da reeleição por mais dois mandatos para deputado e vereador, se isso não acontecer o risco é sempre os mesmos estarem no topo da lista e os jovens cada vez mais distantes da política” diz Luizinho.

A reunião contará com as presenças do ministro Carlos Lupi, presidente licenciado do PDT e do secretário geral nacional da sigla Manoel Dias, durante a reunião será estabelecido o calendário dos congressos municipais, estaduais e nacional da JS/PDT, o órgão é o único do PDT que realiza Congressos bianuais desde a sua fundação em 1981.