JS-PDT participa do XIII Congresso da UEE


por Everton Gomes
20/6/2007

Centenas de estudantes fluminenses se concentraram em Nova Friburgo no 13º Congresso da União Estadual de Estudantes (UEE-RJ) que durou quatro dias e se realizou em meados de junho. Violência, maioridade penal, conjunturas estadual, internacional e nacional; meio ambiente, cultura, democratização da comunicação, GLBT, movimento estudantil e igualdade racial foram assuntos que integraram a pauta de debates.

O movimento “Vamos Fazer Nosso Dever de Casa”, formado por estudantes da Juventude Socialista saiu vitorioso do Congresso onde esteve representado por delegação que contou com 26 membros divididos entre delegados e observadores.

A plenária final do congresso teve cinco chapas inscritas para eleger a nova direção da entidade para o biênio 2007/2008. A chapa ‘1º de fevereiro’, alusão a data da retomada do terreno da sede da UNE na praia do Flamengo, foi composta pelos movimentos: ‘Bloco na Rua’ (UJS)), ‘Vem Com a Gente’ (JSB) e ‘Vamos Fazer Nosso Dever de Casa’ (JS). A chapa, vencedora, somou mais de 50 % dos votos dos presentes.

Participaram ainda da disputa as chapas compostas por tendências da Juventude do PT (kizomba, AE, MPT), a JPMDB, do MR8 e de estudantes independentes.

O movimento: ‘Vamos Fazer Nosso Dever de Casa’ indicará o estudante carioca Bruno Franco, membro da JS, para diretor da entidade. Bruno destacou o caráter da composição da chapa vencedora: “Nossa chapa teve o intuito de consolidar a política dos setores progressistas na defesa dos jovens brasileiros: conseguimos reeditar a formação do bloco de esquerda, que já vem sendo construído no parlamento e que agora deve inundar também os movimentos sociais. Este foi apenas o primeiro tijolo, que consolidará a grande parede da mudança que esta por vir. A nova gestão com certeza vai fazer seu dever de casa”.

Ao final do evento, aconteceu o primeiro ato da nova gestão. Os participantes do congresso saíram em passeata pelo Centro de Nova Friburgo e fizeram um ato em frente a empresa de ônibus local (FAOL) – pela defesa do meio passe universitário.

Após a passeata, um dos coordenadores da bancada, o Presidente da JS/ RJ, André Nascimento, disse que a JS “vem de longo processo de afastamento dos principais fóruns de movimento estudantil e, este ano, decidimos voltar”. André acrescentou que este ano a JS-PDT esteve nos principais atos e mobilizações “e estamos nos organizando para trabalhar de forma unificada em todo o estado, com o mesmo discurso e identidade visual – pratica que trará grandes avanços”.

A próxima etapa de mobilização e luta da JS será entre os dias 4 e 8 de julho, quando os integrantes da JS-PDT participarão do 50º Congresso da UNE, em Brasília.