João Herrmann assume mandato

O engenheiro agrônomo e empresário do setor sucroalcoleiro, João Herrmann Neto, assumiu oficialmente no dia 6 de janeiro, o mandato de deputado federal pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT). Suplente do partido como quarto candidato mais votado do estado de São Paulo, João Herrmann assume a vaga deixada pelo deputado federal Reinaldo Nogueira, eleito prefeito na cidade de Indaiatuba.  

Como base eleitoral nas regiões de Piracicaba e Bauru, Herrmann atua também nas cidades administradas pelo partido e para o mandato de dois anos recebeu também a tarefa de trabalhar pelo seu fortalecimento no interior do estado de São Paulo. Integrante do partido desde 2005, o parlamentar aguardava receber a legitimidade do voto para ampliar a atuação partidária.

Nos dois anos em que esteve sem mandato, manteve o relacionamento com as principais lideranças políticas do Estado, interagindo nas questões que sempre pautaram sua atuação parlamentar, como agronegócios, relações internacionais, política externa e meio ambiente. Junto à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, é integrante do Conselho de Superior de Comércio Exterior (Coscex), mandato que acaba de ser renovado até 2010 por eleição dos conselheiros.

Ex-prefeito da cidade de Piracicaba entre os anos de 77 e 82 e deputado federal por quatro mandatos, desenvolveu importantes lutas democráticas am os limites da cidade, estado e até mesmo do país como despoluição da Bacia do Rio Piracicaba, abertura da luta pela convocação da Assembléia Nacional Constituinte na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, como representante dos prefeitos de São Paulo em 1978, reatamento das relações entre Brasil e Cuba, a internacionalização do Salão do Humor de Piracicaba, a realização do primeiro Congresso da UNE e do primeiro Encontro Paulista de Sindicatos em Piracicaba e pleno período da ditadura, organização dos Comitês Brasileiros de Anistia, Legalização da UNE (1982), organização da luta pelo Movimento das Diretas Já, Retomada do Proálcool, 2002, entre outras.

Para o novo mandato, João Herrmann pretende aliar a tarefa de ampliação da atuação do PDT com as atividades de articulação para o futuro político brasileiro, principalmente com a proximidade do final do mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Sua expectativa é contribuir decisivamente para que os avanços sociais conquistados nos últimos anos não sejam ameaçados e sim garantidos e ampliados, levando o Estado brasileiro a exercer sua tarefa principal que é governar primeiro para os menos favorecidos.

A novidade do mandato, contudo, é a expectativa de contribuir para que uma das mais importantes cidades do estado, Bauru, usufrua o momento brasileiro de desenvolvimento, ampliando sua atuação junto à economia estadual e do país. Empolgado com o mandato de Rodrigo Agostinho (PMDB), um jovem de 30 anos, João Herrmann vislumbra que a região pode ser assumir definitivamente seu papel dominante de propulsora do desenvolvimento regional, não somente pela sua posição geográfica regional, mas pelo seu potencial econômico e humano.

Na cidade de Bauru, a partir de fevereiro, começa a funcionar no centro da cidade um escritório político que atuará como aglutinador regional popular e político. O objetivo é criar uma ambientação para discussão dos caminhos de desenvolvimento que dê voz à população e funcione como intermediado entre os anseios das comunidades e os governos municipal, estadual e federal.

Na cidade de Piracicaba, o escritório político será na chácara Pompéia, local onde historicamente aconteceram os eventos mais importantes de sua carreira política e que também servirá de base de apoio às atividades partidárias e dos parlamentares municipais.

A solenidade de posse acontece às 18 horas, na Secretaria Geral da Câmara dos Deputados, em Brasília.