Gilmar Sossella homenageia cinquentenário do Movimento Tradicionalista Gaúcho

Ascom Gilmar Sossella

Gilmar Sossella homenageia cinquentenário do Movimento Tradicionalista GaúchoO deputado estadual Gilmar Sossella (PDT-RS) homenageou o cinquentenário do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) durante o Grande Expediente da Assembléia Legislativa de Porto Alegre. A solenidade ocorreu nesta quinta-feira (27), no Plenário 20 de Setembro do Palácio Farroupilha.

“A cultura é parte do que somos. É através dela que regulamos nossa convivência e nossa comunicação em sociedade. E a sociedade, como diz o saudoso Gildo de Freitas, é o nosso Centro de Tradições Gaúchas (CTG), onde enxergamos toda a antiguidade, todos os valores transmitidos de geração em geração”, enfatizou Sossella.

Ainda em seu pronunciamento, o deputado destacou que o CTG possibilita o bom convívio sem discriminação. “Nele não existe divisão por classe social. Ninguém pergunta o grau de instrução ou a origem do frequentador. Todos são iguais. É no CTG que o peão é patrão e o patrão é peão”.

Sossella também citou ações desenvolvidas em seu mandato como parlamentar em favor do tradicionalismo. Entre elas, a Lei nº 13.513/2010, que instituiu a gaita como instrumento musical símbolo do Estado; o Projeto de Lei 415/2015, que permite aos CTGs acesso a recursos do Pró-Cultura; e o Projeto de Lei 01/2016, que dispõe sobre a destinação de 20% da grade musical das emissoras de Rádio AM e FM no Rio Grande do Sul à divulgação de trabalhos e obras de músicos e compositores do Estado, independente do estilo musical.

Após o Grande Expediente, Sossella entregou para o presidente Callegaro a medalha da 54ª Legislatura. “É uma honra para nós prestarmos essa homenagem. O MTG não é apenas orgulho para o Rio Grande do Sul devido à estrutura que possui no Estado, mas pela dimensão mundial que tomou. Vida longa ao tradicionalismo. Vida longa ao MTG”, completou.

Gilmar Sossella homenageia cinquentenário do Movimento Tradicionalista GaúchoHistória

O MTG é uma entidade sem fins lucrativos que reúne os Centros de Tradições Gaúchas (CTGs). Foi fundada em 28 de outubro de 1966, durante o 12º Congresso Tradicionalista Gaúcho, realizado em Tramandaí.

Hoje, são quase 1,7 mil entidades juridicamente constituídas, quase um milhão de associados e 40 regiões tradicionalistas. No Brasil, são oito federações e uma Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha. No exterior, há mais de 20 núcleos em que a cultura, a história e os costumes do Rio Grande do Sul são vivenciados diariamente.