Fundação reúne movimentos no Rio de Janeiro e fortalece programa de trabalho

FLB-AP/Bruno Ribeiro12/09/2017

A Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) reuniu na tarde de ontem (11), no Rio de Janeiro, representes dos movimentos de cooperação partidária no âmbito estadual para apresentar um balanço do trabalho desenvolvido ao longo dos três primeiros trimestres do ano e as novas ações propostas.

O vice-presidente local da Fundação, Everton Gomes, destacou a necessidade da ação integrada dos movimentos com a instituição, bem como o uso otimizado das ferramentas que o partido disponibiliza para a formação política. “Isso é fundamental que possamos construir uma programação diversificada para a Rádio Legalidade fluminense, além de levar os núcleos de base para cada canto do estado. Essa é a nossa missão enquanto dirigentes do PDT”, comentou.

Ao longo do encontro, Gomes, que também é cientista político, detalhou todo o planejamento da Fundação. “Ficou acertado uma oficina para capacitar operadores para a rádio e o compromisso de cada movimento desenvolver pelo menos um programa”, indicou.

A presidente da Ação da Mulher Trabalhista (AMT-RJ) local, Alice Alves ressaltou a evolução da entidade no estado e o compromisso com a nucleação. “ A Fundação pode ter na AMT uma parceria comprometida. Estamos interiorizando o movimento e as ações da FLB-AP serão fundamentais para transformarmos os filiados em ativistas políticos plenos. O que observamos aqui, hoje, não se vê em nenhum outro partido e é vanguarda nas ações do PDT pelo Brasil”.

A atividade também contou com as participações do presidente Nacional da Juventude Socialista (JS), William Rodrigues; da secretária-geral da AMT-RJ, Flavia dos Santos; do presidente estadual da JS, Luis Moreira; do presidente do Movimento Sindical, Marcelo Gonçalves, além dos pedetistas Reinaldo Santos, do Movimento Negro, e do professor da FLB-AP, Wendel Pinheiro.