Fundação lança curso virtual sobre a formação dos Núcleos de Base do PDT

FLB-AP18/10/2017

Simples, prático e acessível. É com essa essência que a Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) lançou um curso completo sobre o projeto de Núcleos de Base do PDT. Viabilizada pela Universidade aberta Leonel Brizola (ULB), a iniciativa consiste em videoaulas gratuitas e disponibilizadas na internet, onde descreve o passo a passo para se organizar, registrar e desenvolver as células em cada canto do Brasil.

Coordenado pelo secretário nacional de Nucleação da Fundação, Luizinho Martins, o curso, que está embasada na resolução 2/2017, da Executiva Nacional do partido, busca ratificar a facilidade existente em todo o processo. “Com esse material, você pode perceber o quanto é simples, mas não menos importante, a construção de um núcleo. Ele é um espaço político de militância não só dos filiados, mas também de simpatizantes do PDT”, explica.

Ao indicar que cada unidade pode ser constituída por, no mínimo, cinco membros e, no máximo 25 participantes, Luizinho afirma que o formato segue maleável para se adequar à realidade de cada ambiente. “O nosso país é continental. Por isso, estamos conduzindo o processo de perto para entender a melhor forma de contemplar os anseios dos participantes”, explicou o secretário, que foi presidente nacional da Juventude Socialista.

“Ultrapassando o limite, a célula será desmembrada em outros núcleos. Assim, daremos capilaridade e consistência ao projeto nas escolas, sindicatos, empresas, bairros ou em qualquer lugar que prospere a vontade de conquistar uma nação melhor para todos”, completou Luizinho.

Representatividade

Democrático, o núcleo passou a conta com um diferencial neste ano. Garantido pela resolução, o acesso às vagas nas comissões executivas permitirão, a partir de eleições locais, estaduais e nacionais, que as demandas e posicionamentos dos integrantes sejam fortalecidos em cada esfera do partido. Nesses casos, os representantes deverão ser, necessariamente, filiados.

“Hoje, vivemos em um país onde crises, como a econômica e a política, destroem avanços históricos do nosso povo. A partir de um governo ilegítimo de Michel Temer, a direita neoliberal afronta o legado de Getúlio Vargas, João Goulart e Leonel Brizola, além de só buscarem fornecer benesses para quem, por quase 500 anos, sempre esteve entre os mais favorecidos”, alertou.

Ao concluir, Luizinho convoca a militância para um esforço imediato de integração. “Somente com organização espalharemos a semente do Brasil trabalhista e teremos força para seguir lutando pelo povo. Venha com a gente. Forme seu núcleo de base”, convocou.

Inscrições

Para mais detalhes sobre o curso e realizar a inscrição na plataforma virtual, acesse: www.ulb.org.br.

Material

A secretaria produziu uma cartilha de apoio com todas as informações. Clique aqui (http://flb-ap.org.br/page.php?id=35&title=nucleos_de_base&full_title=N%C3%BAcleos%20de%20Base).