Frente pode propor comissão sobre combate à corrupção

    A Frente Parlamentar de Combate à Corrupção reúne-se hoje, às 16h30, na sala de reuniões da Mesa Diretora, para discutir as prioridades de ação em 2008, especialmente a sistematização de todos os projetos que tramitam na Casa sobre o tema. Segundo o coordenador da frente, deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE), uma das propostas consideradas prioritárias é a que cria mecanismos para o acompanhamento on-line de toda execução orçamentária dos órgãos públicos (Projeto de Lei Complementar 217/04).

De acordo com o deputado, a frente pretende sugerir ao presidente Arlindo Chinaglia a criação de uma comissão especial para analisar os projetos de combate à corrupção, e prepará-los para votação no plenário.

Campanha nacional
Os parlamentares também vão avaliar ações para integrar a frente à campanha “O que você tem a ver com a corrupção?”, lançada no último domingo. Promovida pela Associação Nacional dos Membros do Ministério Público e pelo Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público e da União, a campanha quer provocar uma discussão nacional sobre ações para enfrentar a corrupção. O deputado Paulo Rubem Santiago acredita que a campanha terá um papel importante na divulgação de ações e princípios de combate à corrupção entre jovens.