Favela da Maré ganha tele-sala

Mais de 60 pessoas estiveram presentes nesta quinta-feira (13/12), a partir das 16 horas, na inauguração da tele-sala “Che Guevara” da Associação de Moradores da Vila do João, no Complexo da Favela da Maré, no Rio de Janeiro. Após conversa ao vivo entre Manoel Dias, presidente nacional da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) e secretário nacional do PDT e Jorge Peters, apresentador da programação da Universidade aberta Leonel Brizola (ULB), com a participação do vereador Jorge Bernardi, de Curitiba, Manoel expôs sua alegria com a criação de uma tele-sala no Complexo da Maré.

 

Logo em seguida falou Tadeu Calazans, presidente da 161ª. Zonal do PDT, que abrange a área da Maré, sobre a importância daquele equipamento para a comunidade local para resgatar a auto-estima dos moradores. Segundo Calazans, a tele-sala permitirá debates e aulas, criando novas lideranças que se empenharão em conseguir mais atenção dos poderes públicos para o Complexo da Maré, seguindo a herança do brizolismo.

 

O evento – promovido pelo Diretório Municipal do PDT da Cidade do Rio de Janeiro – contou com a presença, entre outros, do presidente nacional da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP), Manoel Dias, do secretário-geral do PDT municipal, Jorge Vieira; do presidente nacional da JS-PDT, Luizinho Martins e do representante da FLB-AP estadual, Wendel Pinheiro, e do presidente da FLB-AP municipal, Paulo Cruz. Também compareceu Adriana Calazans, pré-candidata à vereadora e liderança local.

 

Um dos oradores, Wendel Pinheiro, ressaltou:

 

— A criação da tele-sala é um esforço que se faz. Significa prover aos alunos da ULB uma formação política para transformar a realidade da Maré, seguindo as bandeiras populares do trabalhismo. A fundação se coloca a disposição para ministrar cursos a todos os que lutam por um Rio mais humano e igual.

 

O presidente nacional da JS-PDT falou sobre a necessidade de não apenas os jovens, mas toda comunidade – participar dos cursos de formação política e das aulas à distância. Mencionou também a importância de resgatar as ações de Brizola através dos cursos.

 

Jorge Vieira, em seguida, agradeceu a cada um dos presentes, mencionando a luta dos filiados do PDT na Vila do João e, sobretudo, o fato da tele-sala se chamar Che Guevara:

 

—  Assim como Brizola, Che Guevara significou a renúncia da comodidade em prol da América Latina. Ele defendeu o socialismo no sentido de dar a democracia a quem merece: o povo. “Che” é o retrato de que sonhar com um mundo novo é possível, contra o imperialismo e quaisquer outras formas de dominação.

 

Adriana Calazans também falou de sua satisfação com a inauguração da tele-sala, que considera “passo importante para a Vila do João, que terá novos horizontes e perspectivas”.

Fechando o ato, Manoel Dias ressaltou a necessidade de expandir ainda mais as atividades da ULB na comunidade, como forma de reocupar o espaço perdido pelo PDT na comunidade. Para Manoel, estender a ULB ao Complexo da Maré significa “recuperar o espaço privilegiado que o PDT teve com Brizola e devolver a dignidade aos moradores”. Ele considerou fundamental organizar grupos de interesse para difundir os ideais do trabalhismo “e propagar a doutrina popular e nacionalista”. O evento terminou às 18:30h, com uma festa a seguir.

 

(colaborou Wendel Pinheiro)