Executiva de Governador Valadares (MG) anuncia Merlo como pré-candidato a prefeito

Na última sexta-feira, o Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Valadares lançou a pré-candidatura de André Merlo para as eleições municipais de outubro. O evento reuniu membros da Executiva Municipal do PDT, o presidente nacional do partido, o ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi, o presidente estadual do PDT, Mário Heringer, o deputado federal Zé Silva e representantes de outros partidos da cidade, como PPS, PHS, PPM, PCdoB, PSDB, PSL, PMN, PSB, além de entidades de classe e outras autoridades valadarenses.

Apesar de ser um partido tradicional na cidade, o PDT sempre se coligou com outros partidos nas eleições, nunca lançando uma pré-candidatura própria. De acordo com o presidente municipal do PDT, Paulinho Costa, isso ainda não tinha acontecido porque se aguardava a presença das autoridades nacionais e estaduais do partido dando esse apoio. “Nunca tínhamos lançado um pré-candidato porque aguardávamos o apoio das autoridades do PDT. Há muito tempo não temos novos nomes no pleito à prefeitura de Governador Valadares, e agora será possível, para o eleitor, escolher entre um maior número de propostas qual será a melhor para a cidade”, disse.

Ainda segundo Costa, o fato de André Merlo nunca ter participado da disputa é um ponto positivo para sua possível candidatura, que só será confirmada após as convenções partidárias em junho. “Lançar um candidato que nunca esteve na disputa ou no cenário político pode ser bom porque ele não tem o nome maculado”, opinou.

Para o vice-presidente da Executiva Municipal do PDT, José Geraldo Lemos Prata, essa pré-candidatura representa a nova postura que Valadares precisa ter no cenário político. “Governador Valadares precisa de uma nova postura política, e o lançamento de uma pré-candidatura própria do partido representa exatamente essa nova visão. Pretendemos ter um candidato empreendedor, com ideias novas para o município, para a mudança que precisa acontecer na cidade”, comentou.

Durante os discursos das autoridades presentes, muito se falou em renovação e no fato de o pré-candidato ser valadarense. “Acredito que a proposta é fazer Valadares ocupar de fato o cenário político estadual e nacional. E ninguém conhece um município melhor do que seus próprios habitantes”, comentou o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.

Para o deputado federal pelo PDT Zé Silva, o partido aposta em bons resultados na cidade. “É necessário lançar candidatura própria, e a atitude da Executiva Municipal ao lançar este pré-candidato é louvável e tem o meu apoio”, comentou.

Segundo o presidente estadual do PDT, Mário Heringer, o lançamento de candidaturas próprias do partido é uma mudança em nível estadual, devido às recomendações da própria diretoria do PDT. “Quando assumi a presidência estadual do PDT, assumi também o compromisso de cumprir as determinações que o partido me fizesse. Essa mudança, de lançar candidaturas próprias pelo PDT, está ocorrendo em várias cidades de Minas, e isso é muito bom, porque o PDT precisa ser um partido protagonista. Partido que não disputa eleições não tem possibilidade de crescimento”, disse.

(*) O PDT é o sétimo partido a anunciar que poderá ter candidato próprio na cidade. Em respeito ao princípio da isonomia, o DRD já publicou a intenção de PSDB, PRTB, PMN, PSB, PSD e do próprio PT em ter candidato nas eleições deste ano.

http://www.drd.com.br