Deputados aprovam criação da Bolsa Esporte

 Será encaminhado para sanção do governador Waldez Góes, projeto de lei do deputado estadual Moisés Souza (PSC) que dispõe sobre a criação do programa Bolsa Esporte. Objetivando incentivar a prática dos esportes olímpicos, o programa Bolsa Esporte consistirá de apoio financeiro fornecido pelo Poder Executivo por intermédio da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer (Sedel).
O projeto de Moisés Souza, apresentado no dia 30 de julho do corrente ano, somente ontem foi levado à discussão e votação plenária na Assembléia Legislativa. Após as discussões em torno da futura Bolsa Esporte do governo do Estado do Amapá, os deputados estaduais a aprovaram por unanimidade.
Um dos mais entusiasmados com o projeto de lei foi o deputado Roberto Góes, líder do governo na Assembléia Legislativa.
Góes, que também é presidente da Federação Amapaense de Futebol, parabenizou o deputado Moisés Souza pela iniciativa e declarou o seu voto favorável ao projeto de lei.
O líder governista ressaltou que a criação da Bolsa Esporte dará condições aos atletas amapaenses de competirem em igualdade com outros atletas brasileiros, o que hoje ainda não ocorre em virtude das dificuldades enfrentadas por eles na luta pela sobrevivência.
O deputado Roberto Góes revelou que atletas amapaenses perdem espaço em nível nacional, quando se trata de aproveitamento físico, uma vez que tecnicamente eles são bem preparados.
No entender de Roberto Góes, a Bolsa Esporte poderá vir a ser uma maneira de dar condições para que os atletas amapaenses melhorem de vida.
De acordo com o projeto do deputado Moisés Souza, o apoio financeiro aos atletas não poderá ser inferior a um salário mínimo.
A Sedel poderá firmar convênios com as federações ou outras instituições que regulamentam a prática de cada modalidade esportiva, para definir critérios e
competições para seleção de atletas. Dentre os critérios de seleção, deverão ser priorizadas a potencialidade e a capacidade técnica dos atletas.

diário do Amapá