Cristovam lamenta morte do colega

Cristovam: “Morre também a moral da política brasileira”

“O senador Jefferson Peres é uma daquelas pessoas que achei que não morreria. Com o seu falecimento, morre também a moral da política brasileira”, afirmou agora há pouco o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), ao receber, ainda consternado, a notícia da morte do senador Jefferson Péres (PDT-AM).

Cristovam está em Budapeste, capital da Hungria, onde fez uma palestra sobre biodiesel e lança o livro “Os Deuses Subterrâneos” em húngaro. Lamenta não poderá viajar à Manaus para participar do velório e sepultamento de Peres, vítima de um ataque cardíaco fulminante na manhã de hoje.

Caberá a senadora Patrícia Saboya (PDT-CE) transmitir os sentimentos de Cristovam para a família do parlamentar.

Jefferson Peres, líder do PDT no Senado, e Cristovam Buarque têm uma trajetória que chegou ao ápice quando Peres aceitou ser vice do senador Cristovam Buarque, na chapa do partido, para a candidatura à Presidência da República em 2006.lega