Com Gustavo Fruet, Curitiba tem a melhor Educação Básica do País

Ascom Gustavo Fruet

Com Gustavo Fruet, Curitiba alcança a melhor educação básica do PaísA cidade de Curitiba, Paraná, sob a gestão do prefeito Gustavo Fruet (PDT), se tornou a capital com o melhor ensino público do País. O Índice do Desenvolvimento Básico da Educação (Ideb) é de 6.3 para os anos iniciais do ensino fundamental (1.º ao 5.º ano). O dado, divulgado na última quarta-feira (8) pelo Ministério da Educação (MEC), supera o anterior, de 5.9, alcançado em 2013, e a meta de 6.0 estabelecida pela pasta para a cidade.

O atual índice também ultrapassa o patamar de 6.0 de desempenho educacional apresentado pelos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A melhora no desempenho dos estudantes curitibanos, que foram avaliados em provas de Língua Portuguesa e Matemática, está relacionada a uma série de investimentos feitos pelo município nos últimos três anos e meio.

Entre os investimentos realizados pela gestão de Fruet destacam-se, a ampliação de recursos para área, com 30% do orçamento do município destinado à educação, investimento nos profissionais, implantação de novos planos de carreira e programa de formação continuada, além de R$ 94 milhões destinados a construções e melhorias de unidades escolares e projetos inovadores, como o projeto “Centro Regional de Educação de Jovens e Adultos” (Cereja) e o “Equidade”.

“Esse é o resultado da ampliação dos investimentos feitos em Educação, do plano de formação continuada e do projeto Equidade. Parabéns Curitiba, parabéns aos profissionais, alunos, comunidade, isso sim é transformação, inovação, tecnologia e olhar para o futuro”, disse o prefeito Gustavo Fruet.

As séries finais do ensino fundamental (6.º ao 9.º ano) Curitiba – que tem onze das 185 escolas da rede ofertando esta demanda – também registraram resultados importantes, ficando com a segunda colocação entre as capitais. Todas as onze escolas avançaram e o índice neste grupo passou de 4.7 alcançados em 2013 para 5.3 nesta edição.

O avanço no desempenho da rede municipal de ensino de Curitiba é ainda maior quando observado o crescimento individual de cada escola. Em média, a melhora na aprendizagem dos estudantes fez com que as escolas obtivessem avanços em seus índices em relação à avaliação anterior.

O Ideb é um dos principais indicadores usados no País para mensurar o rendimento escolar dos estudantes do ensino fundamental das escolas públicas. Composto pelo resultado da Prova Brasil e a taxa de aprovação dos estudantes, o Ideb é usado para monitorar a qualidade do ensino e na formulação de políticas públicas de educação.

Equidade

Implantando em 48 escolas com vulnerabilidades, o projeto “Equidade” teve impacto direto no processo de aprendizagem de 27 mil estudantes e suas famílias. O projeto tem uma estratégia diferenciada para cada escola para superar fragilidades e fortalecer as potencialidades dos estudantes, por meio de investimentos em estrutura material e pedagógica, recursos humanos, planos de gestão e ação, articulação com funcionários e comunidade. Em pouco mais de um ano, o projeto fez baixar a evasão escolar, a reprovação e melhorou o desempenho dos estudantes.