Biometria na urna eletrônica preocupa Barbosa Neto

    

Votação eletrônica com biometria preocupa vice-líder do PDT

 

Assessoria de Imprensa – O deputado federal Barbosa Neto (PR), vice-líder do PDT na Câmara, manifestou em discurso nesta quinta-feira sua preocupação quanto ao uso da biometria no sistema de votação eletrônica no Brasil. O TSE está analisando a utilização desse sistema para evitar possíveis fraudes no sistema eleitoral, como pessoas votando no lugar de outras. A biometria é um sistema que identifica o indivíduo por suas características corporais e comportamentais, e por ser um assunto ético, antes de tudo, deveria ser debatido amplamente pela sociedade antes de ser posto em prática.

 

“Esse sistema tem um custo elevado, de cerca de R$ 200 milhões, para sua implantação. Existem alternativas seguras e mais baratas a serem adotadas pelo governo, como o título de eleitor com foto, projeto de lei de minha autoria que tem seu trâmite parado nesta Câmara Federal”, diz Barbosa Neto. O referido projeto é o PL 739/2007, encontra-se apensado ao PL 3780/1997 e aguarda o parecer do relator na Comissão de Constituição e Justiça.