Audiência no RS discute situação de ponte em fronteira

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional realiza nesta tarde, em Jaguarão (RS), audiência pública para discutir as condições da ponte Mauá, que liga esse município a Rio Branco, no Uruguai. Segundo informações recebidas pela comissão, a ponte está em precárias condições (possui fissuras em segmentos de sua estrutura) e coloca em risco a vida dos usuários.
A audiência foi proposta pelo presidente da comissão, deputado Vieira da Cunha ( P DT – RS). Participarão do debate representantes da bancada federal gaúcha, do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), do Ministério das Relações Exteriores e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).
Obras previstas
A ponte tem 340 metros de comprimento e foi construída entre 1927 e 1930, em decorrência de um tratado firmado em 1918 entre Brasil e Uruguai. Em março deste ano, os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Tabaré Vasquez estabeleceram termos de cooperação para a restauração do empreendimento e a construção de uma segunda ponte na travessia do rio Jaguarão. 

A obra foi uma das 29 selecionadas como prioritárias pelos presidentes sul-americanos para viabilizar a integração física da América do Sul. Essa lista foi feita durante encontro de cúpula realizado em Cuzco (Peru) em dezembro de 2004. A construção da segunda ponte está prevista em acordo assinado em novembro de 2000. Segundo o projeto, a obra terá um custo de 12 milhões de dólares (R$ 24 milhões). A audiência da comissão será realizada às 14 horas, na Biblioteca Municipal de Jaguarão. Integrantes da comissão também visitarão a ponte para averiguar a situação do local.

Agência Câmara