Artigos

Paulo César Ribeiro Lima: A repressão e o golpe
Na década de 1970, muitos estudantes temeram por ataques de agentes do Departamento de Ordem Política e Social – Dops; no ano de 1995, muitos empregados da Petrobras temeram pela ação dos tanques do Exército estacionados na Refinaria Duque de Caxias – Reduc; nas manifestações de ontem, em frente ao
Veja a Íntegra
Alexandre Brust: ‘A ressurreição da velha UDN’
A velha UDN – União Democrática Nacional - criada em 1945 e extinta em 1965, dominada pela liderança antidemocrática de Carlos Lacerda, o corvo golpista, herói da direita, dos conservadores e liberais da elite brasileira, perdeu as eleições presidenciais de 1950 para Getúlio Vargas do PTB. Durante a campanha política,
Veja a Íntegra
Everton Gomes
O Trabalhismo e a Juventude Socialista no século XXI
Leonel Brizola há vinte e seis anos abria o I Congresso Brasileiro do Socialismo Democrático, nome do primeiro congresso do PDT. Naquela época, a luta era para reconstruir o Trabalhismo e apontar que os novos rumos para o desenvolvimento do Brasil se dariam por uma sociedade menos desigual e democrática.
Veja a Íntegra
Mauro Santayana
Os três pratos da balança
Os pensadores da véspera do Renascimento preferiam duas imagens para definir o Estado: a do relógio e a da balança. O Estado pode ser como a maquinaria de um relógio, com suas engrenagens bem lubrificadas, o pêndulo oscilando corretamente para marcar o tempo, e alguém, é claro, para suprir a
Veja a Íntegra
Brizola, o reformador
Hoje, se vivo fosse, Leonel "Itagiba" de Moura Brizola completaria 90 anos de idade. Pode-se dizer, sem exagero, Brizola Vive! Ele, Jango e Getúlio formam a trinca de políticos gaúchos mais importantes dos últimos 80 anos. Brizola ainda deslumbra seus admiradores pela coragem, pela ousadia, pelas grandes reformas - encampou
Veja a Íntegra
Luiz Pinguelli Rosa
Blecaute
"Não há sistema tecnológico sem falhas. Mas o sistema interligado é inteligente, pois otimiza o uso da geração hidrelétrica "   AINDA PAIRAM algumas dúvidas sobre o blecaute que atingiu vários Estados brasileiros, mais drasticamente São Paulo e Rio de Janeiro.   É preciso esclarecer, porém, que o ocorrido na
Veja a Íntegra
Laerte Braga
A invasão do Brasil
O almirante português Pedro Álvares Cabral partiu de Lisboa no dia novemarço de 1500 com treze embarcações, a maior das armadas portuguesas à época e em tese com destino às Índias. A História, implacável em seu processo, mostra que os portugueses, como de resto os europeus, tinham conhecimento da existência
Veja a Íntegra
Mauro Santayana
?Os negócios e a soberania
O ministro Nelson Jobim, sem que o Congresso e o povo fossem ouvidos, assinou, em Washington, tratado militar com os Estados Unidos. O objetivo é restaurar o acordo que existia antes e que o general Geisel rompeu em 1977. O governo cometeu erro político de que se dará conta no
Veja a Íntegra
Maria Aparecida Cortiz
Contraditório, imparcialidade e urnas eletrônicas
A Declaração Universal dos Direitos do Homem e do Cidadão, de 1948, estabeleceu que toda pessoa têm direito, em condições de plena igualdade, de ser ouvida por tribunal independente e imparcial para a determinação de seus direitos e obrigações.   Seguindo esse mandamento, os princípios da moralidade e legalidade (v.
Veja a Íntegra
Paulo Metri
Eike Batista e o povo brasileiro
A revista “Forbes” nos informa que o brasileiro Eike Batista aumentou sua fortuna, em um ano, em US$ 19,5 bilhões, passando a ser a oitava maior fortuna do mundo, tendo conseguido acumular um total de US$ 27 bilhões. Suas empresas atuam basicamente no Brasil e, transcrevendo a Folha de São
Veja a Íntegra
1 13 14 15 16 17