André Figueiredo recebe apoio do PT na corrida à Presidência da Câmara

Max Monjardim01/02/2017

Anúncio aconteceu nesta terça. Foto: Gal Leal (Lid PDT)

O Partido dos Trabalhadores, segunda maior bancada na Câmara dos Deputados fechou questão em torno da candidatura de André Figueiredo à Presidência da Câmara dos Deputados. O anúncio foi feito após reunião da bancada, em Brasília.

Durante o anúncio do PT,  André  agradeceu o apoio e reafirmou o compromisso da unificação das forças progressistas, principalmente no parlamento brasileiro.

“A hora é de dar um basta. O parlamento brasileiro vem sofrendo um ataque direto das forças reacionárias e deixando de discutir assuntos que mexem com a vida de milhões de brasileiros, como o caso da PEC da Aposentadoria”, afirmou.

Com o embarque do PT na campanha de André, o parlamentar acredita que haverá, naturalmente, um movimento dos partidos progressitas e de centro-esquerda à sua candidatura.

“Desta forma, estaríamos abrindo uma grande vantagem de chegar ao segundo turno do pleito Será uma luta grandiosa, porque agora todos sabem quem está do lado de quem, principalmente a população brasileira, que vem sendo atacada por fantasmas de retiradas de diretos adquiridos”, afirmou.

Ao final do discurso, André disse que 2017 será um ano de reconstrução do Parlamento Brasileiro.

“Não vamos abrir mão do país que começamos a construir nos últimos 14 anos, dos avanços sociais e da expansão dos direitos dos mais pobre, que, neste momento, estão sendo destruídos por um governo golpista que não tem legitimidade”, finalizou.

O PT hoje tem a segunda maior bancada na Câmara, com 58 deputados. O PDT atualmente tem 21 deputados e, caso os demais partidos confirmem apoio a André, como Rede, PSOL e PCdoB, o pedetista pode, no primeiro turno, chegar a 101 votos.

Nessa segunda (30), André já havia dado entrada no STF em um documento onde pedia que a candidatura de Rodrigo Maia fosse barrada, baseado no Regimento Interno da Casa. 

Entenda como funciona a disputa pela Mesa Diretora da Câmara.